Simule e contrate

g1


O gestor faleceu na manhã desse sábado (21), após oito dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Teresina O corpo do prefeito de Pedro II, Alvimar Martins, de 65 anos, foi sepultado na manhã deste domingo (22) no Cemitério da Vila. O gestor faleceu na manhã desse sábado (21), após oito dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Teresina. Desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2021, ele tratava um câncer de próstata. O boletim médico dessa quinta-feira (19) informou que Alvimar Oliveira teve choque séptico (infecção generalizada) e encontrava-se intubado e em ventilação mecânica. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram O cortejo no carro do Corpo de Bombeiros aconteceu na noite desse sábado (21) pelas ruas da cidade. Reprodução/Mazinho Almeida O cortejo no carro do Corpo de Bombeiros aconteceu na noite desse sábado (21) pelas ruas da cidade e seguiu para a Prefeitura Municipal, onde recebeu homenagens. Logo após, uma missa de corpo presente foi realizada na igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição. Mais homenagens foram prestadas durante o cortejo, acompanhado por muitos populares, que continuou após a missa e finalizou na residência do prefeito, onde aconteceu o velório aberto ao público. Quatro vezes prefeito Alvimar Martins foi chefe do executivo municipal por quatro mandatos em Pedro II. Era casado com Eleonora Maria Alves Costa Andrade e tinha quatro filhos: Alvimar Oliveira de Andrade Júnior, David Salomão Costa de Andrade, Luana Stela Brandão de Andrade e Inácia Raquel Martins de Andrade. Luto de oito dias Devido ao falecimento do prefeito, a prefeita interina Betinha Brandão decretou luto oficial de oito dias. Todos os eventos municipais agendados e os jogos do Ruralzão, programados para esse fim de semana, estão adiados. 📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí 📲 Siga o g1 Piauí no Instagram e no Twitter VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

O evento contará com hasteamento de bandeiras, execução do Hino da Bandeiras e Hino de Divinópolis e pronunciamento de autoridades, entre outras atividades. Evento será na área externa do Centro Administrativo da Prefeitura de Divinópolis; imagem de arquivo Prefeitura de Divinópolis/Divulgação Na segunda-feira (23), a Prefeitura de Divinópolis fará a abertura das festividades do aniversário de 110 anos de antecipação político-administrativa da cidade. A partir das 9h, na área externa do Centro Administrativo da Prefeitura, terá um momento cívico aberto à população. O evento contará com hasteamento de bandeiras, execução do Hino da Bandeiras e Hino de Divinópolis e pronunciamento de autoridades, além de apresentação musical da Banda 7ª Região da Polícia Militar, do maestro Walter Caetano, da servidora pública da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Priscila Bernardo, e uma leitura especial de um poema feita pelo cabo Jefferson. Logo após a cerimônia terá também a abertura de exposição em homenagem ao aniversário da cidade, chamada “Tramas Divinas – histórias de criação de uma cidade”, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e fixada no hall de entrada do Centro Administrativo. VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

A vítima, identificada como Elker Sousa Ferreira, de 41 anos, foi morta com três tiros, um na cabeça e dois no corpo. Empresário é assassinado a tiros na porta de casa em Barra do Corda; polícia aponta possível latrocínio Divulgação Um empresário foi assassinado a tiros, na madrugada deste domingo (22), na cidade de Barra do Corda, a cerca de 500 km de São Luís. A vítima, identificada como Elker Sousa Ferreira, de 41 anos, foi morta na porta de casa. Segundo a polícia, a principal linha de investigação aponta que Elker Sousa pode ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo a polícia, Elker Sousa estava chegando em casa no bairro Trizidela, por volta das 3h, quando foi abordado por dois homens, que estavam em uma motocicleta de marca e placa não identificadas. Os criminosos tomaram da vítima uma corrente e uma pulseira de ouro e, ao tentarem arrancar do dedo do empresário um anel de ouro, não conseguiram e acabaram dando três tiros na vítima, um na cabeça e dois no corpo. Elker Sousa morreu no local, enquanto que os suspeitos fugiram levando, também, o celular da vítima. Após o crime a polícia foi acionada, mas ainda não conseguiu prender nem identificar nenhum suspeito do crime. Imagens de câmeras de segurança podem ajudar a polícia a identificar os criminosos. O caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Barra do Corda.

Os bombeiros encontraram a vítima com a cabeça dentro da água, já sem sinais de vida. Jovem de 19 anos morre após capotar carro e cair dentro de córrego em Sete Lagoas Divulgação CBMMG Um jovem identificado como Matheus Nogueira da Silva, de 19 anos, morreu após capotar o carro e cair dentro do córrego do Diogo, em Sete Lagoas, Região Central do estado. O acidente aconteceu na manhã deste domingo (22), na altura da Avenida Doutor Renato Azeredo, no centro da cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem que passava pelo local acionou os militares quando viu o carro dentro do córrego e a vítima debaixo do veículo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o condutor perdeu o controle da direção Divulgação CBMMG Os bombeiros encontraram o jovem com a cabeça dentro da água, já sem sinais de vida. Os militares informaram que o condutor teria perdido o controle da direção. Equipes das polícias Militar e Civil também estiveram no local. Após a perícia, o corpo foi retirado pelos bombeiros e entregue à funerária para ser encaminhado ao IML de Sete Lagoas. Vídeos mais vistos do g1 Minas
Com câmera acoplada ao corpo, Yuliia Paievska registrou horrores da guerra em Mariupol e entregou microchip a jornalistas da Associated Press dentro de absorvente; filha de médica faz apelo à Rússia para libertar mãe, acusada de ter ligação com Batalhão Azov, que Moscou acusa de neo-nazismo. Médica filma rotina com câmera acoplada ao corpo em Mariupol Uma médica ucraniana capturada por soldados russos em Mariupol, cidade do sul da Ucrânia conquistada pela Rússia, conseguiu filmar secretamente o trabalho de sua equipe para tentar salvar civis e militares de ambos os lados durante duas semanas. Em uma operação arriscada, a médica Yuliia Paievska entregou as imagens, armazenadas em um microchip, dentro de um absorvente aos únicos jornalistas estrangeiros que estavam em Mariupol durante a ocupação russa, da Associated Press. No dia seguinte, Paievska foi capturada por soldados russos. Sem saber de seu paradeiro há mais de quatro semanas, a filha de Paievska, Anna-Sofia Puzanova, fez um apelo esta semana ao governo russo para que liberte sua mãe e dê notícias sobre onde ela está detida. Moscou argumenta que a médica tinha ligação com o Batalhão Azov, grupo que faz parte do Exército Ucraniano e que a Rússia acusa de neonazismo. A Ucrânia nega e aponta que a médica é mais uma das centenas de pessoas sem ligação com o Exército capturadas à revelia pelas forças russas. Uma missão da Organização das Nações Unidas (ONU) na Ucrânia identificou ao menos 204 casos de capturas arbitrárias pelo Exército russo e desparecimentos de ucranianos com suspeita de tortura, sem contar os casos de Mariupol, onde a comissão da ONU não conseguiu entrar. A equipe da Associated Press que esteve em Mariupol disse ter ouvido relatos de pessoas próximas a Paievska negando qualquer associação como o Batalhão Azov. As imagens capturadas pela médica mostram o esforço de sua equipa em salvar civis atingidos por bombardeios russos na cidade, a mais atacada pela Rússia desde o início da invasão à Ucrânia, em 24 de fevereiro. As gravações revelam também que os médicos atenderam tantos soldados ucranianos como os russos. Moscou ainda não se pronunciou sobre a detenção de Yuliia Paievska. Leia também: Vitória russa em Mariupol: 2.000 soldados ucranianos já se renderam, diz Rússia Último filme de diretor morto em Mariupol será exibido em Cannes

Animal ficou cerca de 20 dias em uma espécie de UTI, com ferimentos na cabeça e na mandíbula; período de acasalamento da espécie requer atenção especial dos motoristas. Animal precisou de aproximadamente 20 dias para voltar a dar os primeiros passos novamente HVU/Divulgação Após 55 dias lutando contra a vida, Manu, uma loba-guará adulta atropelada no início de março, voltou à natureza. O animal foi socorrido na BR-190, próximo a Uberaba, e levado até o Hospital Veterinário de Uberaba (HVU) por voluntários, onde passou por intenso tratamento. De acordo com informações da unidade, ela chegou com uma fratura na mandíbula e uma lesão grave na cabeça. Durante alguns dias, ela também ficou com a visão completamente comprometida. Agora recuperada, a bichinha foi encaminhada para o criadouro científico de fauna silvestre da CBMM, em Araxá. Tratamento delicado Conforme os especialistas que atenderam e cuidaram de Manu durante todo o tempo de internação, a loba-guará chegou com quadro de saúde delicado e precisou ser internada em uma espécie de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de humanos. "O trauma cranioencefálico aumenta muito a concentração de CO2, e o animal precisa ficar no oxigênio. A cabeça normalmente tem que ficar numa posição de 30 graus para diminuir a pressão intercraniana, e o paciente precisa ser constantemente monitorado. Durante o trauma, ela teve um quadro de pneumotórax e foi necessário fazermos a drenagem no tórax. Ela também teve fraturas na boca, o que dificultava a alimentação. Ela não tinha consciência, então tivemos que instituir medicamentos anticonvulsivantes, porque a pressão intracraniana aumentada poderia aumentar a chance de convulsões, além de analgésicos por conta da dor e medicamentos para diminuir aquela pressão", explica Ananda Neves Teodoro, professora de anestesiologia e intensivismo do HVU. Bichinha passou por tratamento intensivo e foi considerada uma 'filha' pelos profissionais da HVU HVU/Uberlândia Durante as duas primeiras semanas, a paciente se alimentou através de uma sonda, instalada no esôfago. Além disso, com o impacto do acidente, também perdeu a visão – recuperada aos poucos. Os primeiros passos do mamífero foram dados aproximadamente 20 dias depois. “Conseguimos melhorar o tórax, ela não apresentou mais o quadro de pneumotórax, e a parte de contusão pulmonar melhorou muito. Ela havia perdido a visão devido ao trauma, mas não foi permanente, e, com os exames, percebemos que ela recuperou 100%”, avalia a especialista. De acordo com a HVU, a loba foi apelidada pela equipe de Manu, pois em africano esse nome significa segundo filho, que é como os veterinários passaram a considerá-la. No criadouro científico de fauna silvestre da CBMM, em Araxá, que é centro de referência para cuidados especiais com lobos-guará e outros animais ameaçados de extinção, a recém-recuperada estará no convívio com outras 108 espécies de animais. O local também é pioneiro na reprodução dos lobos-guará, com 68 filhotes nascidos desde 1990. Acasalamento dos lobos-guarás no outono O atropelamento de Manu não foi o único na região nos últimos meses. Em abril, o g1 destacou o aumento das ocorrências deste tipo no Triângulo Mineiro. A explicação tem relação ao período de acasalamento dos lobos-guarás, momento em que os machos procuram pelas fêmeas, o que pode contribuir para que os animais circulem mais pelas rodovias. Por isso, os cuidados devem ser redobrados nas estradas que cortam a região. A orientação é que os motoristas fiquem atentos na direção, principalmente no período noturno. "Os lobos-guarás são animais noturnos. Pedimos que tenham muita atenção no momento de anoitecer e quem dirige à noite, porque pode ser que encontre um lobo atravessando a estrada. A luz alta faz com que eles fiquem parados e sejam atropelados", explica o médico veterinário Claudio Yudi. VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Em vez de irem para o lixo e poluírem o meio ambiente, eles são transformados e doados para escolas da região. Projeto transforma equipamentos usados para roubar o sinal de TV em minicomputadores TV TEM/Reprodução Um projeto em Salto (SP) transforma equipamentos importados de forma ilegal e usados para piratear o sinal de TV a cabo em minicomputadores. Em vez de irem para o lixo, eles são transformados e doados para escolas da região. Segundo o professor Pedro Becker, o desafio é desvendar os segredos da fraude de softwares e transformar o ilícito em um produto legalizado. "Cada uma dessas caixinhas, dessas TV Box, vem de um fabricante diferente e tem um procedimento diferente para que a gente possa descaracterizar e colocar um sistema operacional. Customizamos isso dentro de um cartão de memória e para cada equipamento a gente tem um cartão de memória diferenciado", conta. O Instituto Federal de Salto é pioneiro no estado de São Paulo na transformação dos produtos. Três modelos de TV Box foram restaurados. São equipamentos que liberam acesso a canais fechados. Agora, 420 minicomputadores já estão prontos para serem doados às escolas públicas de Indaiatuba, Itu, Porto Feliz e Salto. Projeto transforma equipamentos usados para roubar o sinal de TV em minicomputadores Apreensão de equipamentos Os equipamentos foram apreendidos pela Receita Federal por serem importados de forma irregular e eram adulterados para pirataria de canais pagos, filmes e outros conteúdos. Geralmente, estes produtos eram destruídos, o que causa outro problema: o prejuízo ambiental. Somente em 2021, a alfândega da Receita Federal em Santos apreendeu aproximadamente 205 mil unidades desses equipamentos. Neste ano, 3.325 já foram transformados em minicomputadores por instituições no país. Todos vão ser doados para escolas em Minas Gerais, Goiás, Tocantins e São Paulo. "Vai permitir que crianças de escolas públicas tenham acesso a um equipamento de informática, de todo uma gama de aplicativos que possam ser instalados nesse computador", explica o delegado da Receita Federal, Ari José Brandão Junior. Projeto transforma equipamentos usados para roubar o sinal de TV em minicomputadores TV TEM/Reprodução Cada kit vai ser entregue nas escolas com o minicomputador, um teclado, mouse e os cabos. Depois, basta ligar numa TV ou monitor e usar toda a funcionalidade do equipamento. "Ele tem o básico necessário para poder funcionar, aplicativo de edição de texto, de desenho e tabelas. Você consegue utilizar até com conexão internet", relata o estudante de ciência da computação Gustavo Milan. Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM

Novas legislações, desafios e caminhos de apoio à cultura integram a agenda do CGC que ocorre entre maio e dezembro deste ano. Será oferecido um total de 1.000 vagas. Veja como se inscrever em webinários e mentorias online gratuitos de projetos e ações culturais Rlee /Divulgação O Programa Oficinas Culturais realiza o Ciclo de Gestão Cultural (CGC) entre maio e dezembro com webnários e mentorias gratuitas de projetos e ações culturais. As inscrições estão abertas nos sites das oficinas, onde os formulários e prazos estão disponíveis. Será oferecido um total de 1 mil vagas e os participantes receberão certificados. O CGC busca colaborar na especialização profissional, no networking com especialistas, além de identificar atualizações frequentes do mercado e orientar sobre as novas formas de atuação em diferentes contextos e territórios. O início das ações do CGC será no dia 30 de maio, com uma série de webinários mensais até dezembro. As pessoas inscritas receberão os links para acessar cada atividade desejada. Mesmo veiculados no canal de YouTube das Oficinas Culturais e com acessibilidade em Libras, é necessário se inscrever previamente, pois os conteúdos ficarão abertos apenas para as turmas cadastradas. Neste ano, o objetivo do CGC é aprofundar debates da área da cultura, como as novas legislações, entre elas, o Projeto de Lei (PL 73/2021 – Lei Paulo Gustavo), a precarização do trabalho, novas formas de gestão e captação de recursos com apoio das tecnologias, além de fortalecer os profissionais de diferentes localidades, vivências e contextos, tanto os gestores, produtores e artistas independentes, bem como os agentes da gestão pública. Webinários Para se inscrever nos webinários, basta acessar o formulário. Leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo: impactos e perspectivas na gestão pública Com Alexandre Santini e Rita Teles | Mediação: Priscila Nicoliche Diante do contexto de leis emergenciais, Alexandre Santini e Rita Teles, mediados por Priscila Nicoliche, avaliam e refletem sobre as Leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo: seus desafios, impactos e desdobramentos na gestão pública de cultura municipal, estadual, federal e na articulação com a sociedade civil. 30/5 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 26/5 | Seleção: primeiros inscritos Cultura e tecnologia: novos modos de fazer, agir e criar Com Lalai Persson e Luciana Piazzon Barbosa Lima | Mediação: Lucia Maciel Barbosa de Oliveira Aqui, o foco é o debate acerca das novas Tecnologias da Informação e Comunicação, o modo como vêm transformando a realidade da produção e gestão cultural, bem como as formas de participação, recepção, cocriação e relacionamento com o público fruidor de cultura. 27/6 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 23/6 | Seleção: primeiros inscritos Fazedores, empreendedores e as condições de trabalho no mercado da Cultura Com Amanda Coutinho e Thiago Vinícius | Mediação: Erick Krulikowski Empreendedorismo, precarização do trabalho e plataformização da cultura: uma reflexão sobre os processos socioeconômicos da cultura na contemporaneidade e os desafios enfrentados pelos trabalhadores desse mercado. 25/7 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 21/7 | Seleção: primeiros inscritos Convênios, emendas, fundos e outros mecanismos de financiamento público Com Claudinéli Moreira Ramos e Henilton Menezes | Mediação: Camila Marujo Considerando mecanismos alternativos aos editais e leis de incentivo, este webinar apresenta um panorama atual de diferentes possibilidades de captação de recursos e parcerias para a gestão pública, como convênios, emendas parlamentares, fundos, entre outras. 29/8 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 25/8 | Seleção: primeiros inscritos Consórcios intermunicipais e articulação regional da Cultura Com Carlos Alberto Pereira Júnior e Edemilson do Vale | Mediação: Ana Clarissa Fernandes Especialistas em Consórcios Intermunicipais debatem sobre a importância de suas Câmaras Temáticas de Cultura como força de articulação regional. Também como potencializadoras de redes de troca de informações e experiências entre gestores culturais de pequenas e médias cidades, além da possibilidade de ampliação do acesso às políticas públicas dos entes federativos. 26/9 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 22/9 | Seleção: primeiros inscritos Mapeamento e indicadores culturais como instrumentos de planejamento e gestão Com Cristina Lins e Jorge Melguizo | Mediação: Maria Carolina Vasconcelos Oliveira A pesquisadora Cristina Lins e o colombiano Jorge Melguizo, que transformou Medellín durante sua gestão como Secretário da Cultura Cidadã e Secretário de Desenvolvimento Social da cidade, conversam sobre a produção de indicadores como instrumento de gestão cultural e de tomada de decisão para a construção de planos, programas e projetos eficientes e exequíveis. 31/10 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 27/10 | Seleção: primeiros inscritos Desafios e descontinuidades das políticas culturais: um olhar para o presente, passado e futuro Com Lia Calabre e Paulo Miguez | Mediação: Ruy Sardinha Lopes Traçando um panorama histórico, Lia Calabre e Paulo Miguez, mediados por Ruy Sardinha Lopes, destacam características de descontinuidades de políticas culturais no Brasil, refletindo sobre seus principais entraves, desafios e lançando olhares para o futuro. 28/11 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 24/11 | Seleção: primeiros inscritos Entre pastas: a Cultura e sua transversalidade setorial Com Naine Terena e Pâmela Carvalho | Mediação: Cláudia Leitão A educadora indígena Naine Terena e a coordenadora do eixo de Arte, Cultura, Memórias e Identidades da Redes da Maré, Pâmela Carvalho, conversam sobre a transversalidade da cultura, suas dimensões sociais, econômicas, simbólicas e a relação com políticas públicas e ações de outras áreas. 5/12 – Segunda-feira – 15h às 17h Inscrições até 1/12 | Seleção: primeiros inscritos Mentorias Para se inscrever nas mentorias, basta acessar o formulário. Serão selecionados até 12 projetos por turma Inscrições até 12/6 Seleção: projeto (resumo, objetivos, impactos e desafio atual) Resultado da seleção: 27/6 Plataforma: Zoom Planejamento e Gestão de negócios culturais de impacto social Com Rose Meusburger 11/7, 18/7, 8/8, 15/8 e 12/9 - Segundas-feiras – 19h30 às 22h30 Questões jurídicas, aspectos legais e direitos culturais Com Olivieri Associados e Hub Cultural 12/7, 19/7, 9/8, 16/8 e 13/9 - Terças-feiras – 19h30 às 22h30 Captação de Recursos Com Daniele Torres 13/7, 20/7, 10/8, 17/8 e 14/9 - Quartas-feiras – 19h30 às 22h30 Comunicação e construção de narrativas Com Luciana Gandelini 14/7, 21/7, 11/8, 18/8 e 15/9 - Quintas-feiras – 19h30 às 22h3 VÍDEOS: assista às reportagens da região Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília

Kallynca Carvalho dos Santos, decidiu fazer uma festa fantasia para evitar multa após fim de noivado. Conforme ela, todos os 150 ingressos foram vendidos. Kallynca usou fantasia de rainha czar. Ela chegou à festa acompanhada pelo atual namorado Valdelino Pontes/Divulgação Fantasiada de rainha, a ex-noiva, Kallynca Carvalho dos Santos, realizou na noite de sábado (21) a festa fantasia de 'descasamento'. A ideia surgiu após ela terminar um relacionamento de 13 anos, apenas 7 meses antes do casamento e para evitar as multas rescisórias, optou por realizar o evento. Veja mais abaixo. A festa foi em um salão de festas que simula um castelo, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Ela chegou ao local acompanhada pelo atual namorado, Ivandro Alex, que conheceu um mês após o término do noivado. Veja outros detalhes mais abaixo. Para evitar multa, mulher faz festa de 'descasamento' após fim de noivado Com ingressos esgotados e um valor arrecado de cerca de R$ 20 mil, a ex-noiva diz que valor não pode ser considerado lucro e sim uma forma dela recuperar ao menos um pouco de todo investimento que fez para o casamento que acabou não acontecendo. "Não é se livrar de uma dívida, na verdade isso foi pra eu conseguir reverter um pouco de tudo que eu investi porque a festa em si.[...] mas eu não me arrependo em nenhum momento, esse dinheiro investido eu tinha separado para essa fase," explica Kallynca. Convidados e Kallynca durante festa à fantasia com temática 'descasamento' Valdelino Pontes/Divulgação Para ela, a festa foi momento de reviver vários momentos. O antigo relacionamento, a morte do avô que havia a presenteado com a reserva do castelo para o casamento e também a perspectiva para as novas oportunidades. "Pensei em tudo que aconteceu na minha vida, querendo ou não do antigo relacionamento, pra decisão da gente ter o término, pra gente começar, se reinventar. O meu avô também, ele acabou indo, então a gente acaba lembrando de tudo um pouco. [...] agora eu acredito que estou realmente pronta para começar uma nova fase, com uma nova prosperidade, vai ser sucesso," descreve Kallynca sobre a festa. Diferentemente de uma festa de casamento que inicia com valsa dançada apenas pelo casal, o 'descasamento' de Kallynca começou com ela em frente ao palco, chamando os convidados para a pista. A festa se estendeu até o início da manhã deste domingo (22). Kallynca chegando ao evento e sendo recepcionada pelo atual namorado Valdelino Pontes/Divulgação Inspiração da roupa Para a festa, a jovem de 29 anos contou com a ajuda do estilista paranaense Edson Eddel. Ele explica que a inspiração para a escolha das rainhas czares foi para diferenciar Kallynca dos de mais participantes da festa, ao mesmo tempo em que demonstrou a força e a beleza dela. "Ela tem que estar mais linda que uma noiva tradicional, por isso me inspirei nas noivas do czares, então ela estava majestosa. A festa é fantasia, mas para os convidados, os súditos, a rainha sempre estará imponente e soberana," comentou o estilista paranaense Edson Eddel. Depois de um mês do término com o noivo, Kallynca encontrou um novo amor e está feliz com o relacionamento atual com Ivandro Alex Arquivo pessoal Fim do noivado e o novo amor Sem se importar com a opinião dos outros e com o foco em ser feliz, Kallynca não só decidiu fazer a festa de "descasamento" para fugir das multas de rescisão dos contratos da cerimônia, como também encontrou um novo amor após um mês do término com o noivo. 'Após término com ex-noivo, dei uma chance para o amor e tive sucesso', diz mulher que decidiu fazer festa de 'descasamento' para evitar multas "Eu estou em um novo relacionamento. Após o término com o meu ex-noivo, eu dei uma chance para o amor e tive sucesso. Estou em um relacionamento muito feliz", disse em uma publicação nas redes sociais. Na legenda, escreveu que ele foi um amigo que se demonstrou como porto seguro até se tornar um novo amor. Segundo a servidora, a decisão de buscar a própria felicidade foi a melhor escolha. Após fim do noivado, jovem resolve fazer festa de 'descasamento' 'Descasamento' A servidora preferiu não revelar qual seria o prejuízo total que teria ao desmarcar o casamento. Mas contou ao g1 que, pelo contrato, teria que pagar multa de 40% sobre o valor total, além de arcar com "despesas, honorários de profissionais, taxas de administração, lucros cessantes, perdas e danos, custos e gastos já firmados" para a execução dos serviços contratados. Ao todo, 200 pessoas estavam convidadas para a festa, que seria no salão de festas que simula um castelo. Depois do término, Kallynca começou a cancelar tudo que estava marcado. A surpresa veio quando ela foi informada do valor da multa do local onde a festa seria feita. Ao saber dos valores, a mãe da jovem sugeriu manter o evento. As duas, então, resolveram fazer a festa à fantasia. VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.
Vítima seria um dos ladrões que teria sido atingido acidentalmente. Ninguém foi preso. Um homem morreu baleado em um roubo a uma distribuidora de bebidas, no bairro Vista Alegre, em Américo Brasiliense (SP), na noite de sábado. Segundo a polícia, a vítima, ainda não identificada participava do assalto e foi atingida acidentalmente por um comparsa. De acordo com testemunhas o disparo teria acontecido quando a dupla estaria fugindo e um dos ladrões caiu no chão, disparando a arma. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas os socorristas já encontraram o homem morto. O comparsa do roubo fugiu e não havia sido preso até a última atualização dessa reportagem. Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara.

Período de comparação é entre maio e fevereiro. Apesar do recuo, usinas da região que compõem o Operador Nacional do Sistema estão com níveis acima de 40%; g1 conversou com climatologista que fez análise para o período seco de 2022. Hidrelétrica São Simão reservatório TV Integração/Reprodução Três meses após o período chuvoso do início de 2022 fazer com que o volume útil aumentasse nos reservatórios das 5 hidrelétricas do Triângulo Mineiro, que fazem parte do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, a água baixou em 3 deles. O monitoramento do sistema é feito pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A análise feita pelo g1 comparou os dados atualizados pelo ONS na quinta-feira (19), com o registrado em 22 de fevereiro. A reportagem também conversou com o climatologista Lanzoerques Júnior. Ele prevê período de estiagem de 2022 parecido o de 2021, quando o país viveu grave crise hídrica. Veja abaixo. Relembre: Nível dos reservatórios das 5 principais hidrelétricas do Triângulo está acima de 40% Situação das hidrelétricas Mesmo com a queda no nível dos reservatórios das hidrelétricas de Água Vermelha, Marimbondo e São Simão, o volume útil está acima dos 40% nas 5 usinas da região, segundo o ONS. Além das 3 já citadas, fazem parte do sistema Emborcação e Nova Ponte. Apesar dos níveis dos reservatórios no período, a situação não é a ideal em relação à capacidade total do subsistema, uma vez que o período de estiagem está começando. Também vale lembrar que, quanto mais próximo de 100% da capacidade, melhor. Veja abaixo a comparação dos níveis dos reservatórios em 19 de maio e 22 de fevereiro e como eles estavam em outros momentos desde junho de 2021. Água Vermelha A hidrelétrica está instalada no Rio Grande, na divisa entre os municípios de Iturama (MG) e Ouroeste (SP). Atualmente, Água Vermelha está com 47,04% do volume útil. Em 22 de fevereiro de 2022, o reservatório estava com 55,7%. Apesar da queda, a situação atual do lago é melhor do que registrada em janeiro, quando estava em 17,13%. A usina pode gerar máxima de potência 1.396,200 Megawatts (MW). O lago pode armazenar até 2,13% do volume total do sistema. Marimbondo Reservatório da usina de Marimbondo Reprodução/TV TEM Outra usina que gera energia a partir das águas do Rio Grande, porém, entre os municípios de Fronteira (MG) e Icém (SP), a Usina Hidrelétrica de Marimbondo tem potência instalada de 1.440 MW. Ela representa 2,64% do subsistema Sudeste e Centro-Oeste. O reservatório é um dos que registrou queda do volume útil em relação a fevereiro. Na quinta-feira (19), o lago tinha 58,22% da capacidade coberta com água, enquanto que no 2º mês do ano tinha 62,04%. São Simão Uma das 3 localizadas no Rio Paranaíba, São Simão fica entre Santa Vitória (MG) e São Simão (GO), e estava com 42,76% do volume útil em 19 de maio. Já em 22 de fevereiro, o nível do reservatório era de 61,36%. A usina opera com seis turbinas, que geram 1.710 MW. A energia produzida é suficiente para abastecer 6 milhões de habitantes. Emborcação Torres de transmissão de energia produzida na Usina Hidrelétrica de Emborcação, em Araguari Reprodução/TV Integração A UHE de Emborcação também está instalada no Rio Paranaíba, porém, em Araguari. Ela é uma das duas hidrelétricas que registrou aumento do volume útil Na quinta-feira, o lago estava com 69,82% da capacidade. Três meses antes, o reservatório estava com 51,68%. A hidrelétrica é a maior do Triângulo Mineiro, representando 10,72% do subsistema Sudeste e Centro-Oeste. Emborcação tem uma potência instalada de 1.192 MegaWatts (MW). Isso significa que a energia elétrica máxima produzida abasteceria duas cidades do tamanho de Uberlândia. Nova Ponte Em 2021, a hidrelétrica registrou a situação mais preocupante, mas na quinta-feira chegou ao melhor nível registrado nas 5 análises feitas pelo g1 até ao momento. A UHE Nova Ponte fica no Rio Araguari, mas faz parte do subsistema do Rio Paranaíba, e representa 11,13% do subsistema Sudeste e Centro-Oeste. Em 19 de maio o nível do reservatório estava em 53,20%. Situação melhor do que a registrada em 22 de fevereiro, quando estava com 40,91% da capacidade e ainda melhor do que o registrado em agosto de 2021, quando estava com apenas 12,06% do volume útil. O lago tem volume de 12.792 hm³ e potência instalada é de 510 MW e o nível do reservatório chegou a ser tema de audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Pouco depois da audiência, o volume útil baixou ainda mais, chegando a 10,93%, próximo do nível mínimo permitido para operação estipulado por legislação em 10%. Estiagem Em 2021, o Brasil enfrentou rigoroso período de estiagem, o que causou crise hídrica. Por isso, o Governo Federal precisou contratar usinas termelétricas para garantir o abastecimento de energia elétrica, que ficou mais cara. Para 2022, a tendência é que o período de estiagem seja parecido com o do ano passado, segundo o climatologista Lanzoerques Júnior, que fez uma estimativa a partir dos dados apresentados nas previsões mais recentes. “Enxergo os dados apresentados neste momento como um período seco igual ao do ano passado, que foi um ano ruim. Ou seja, a previsão é pessimista, pois 2021 foi um ano com período seco bem acentuado. No entanto, não acredito que seja pior, em análise neste primeiro momento”, disse o especialista. Segundo Júnior, o fenômeno "La Niña" registrado no ano passado permanece ativo. O fenômeno é explicado pela intensificação dos ventos no Oceano Pacífico, resfriando a superfície da água do mar. “Assim como em outros anos, o Centro-Oeste, Sudeste e Sul devem sofrer mais com o período seco, que é onde o fenômeno ‘La Niña’ continua ativo. Tal fenômeno, quando ativo, desfavorece as chuvas nestas regiões. Por outro lado, por causa do ‘La Niña’, as regiões Norte e Nordeste tendem a ter um período mais chuvoso", explicou o climatologista. Com o regime de chuvas afetado, os níveis dos reservatórios das hidrelétricas é diretamente impacto. Porém, para Lanzoerques, não é apenas a produção de energia que muda. "Hoje não estamos mais com a bandeira de escassez hídrica e os reservatórios estão bem melhores que no passado. Só que eu ainda enxergo o ambiente seco. Os reservatórios estão cheios, mas o ambiente, as paisagens e as cidades estão vendo a umidade caindo bastante", finalizou Júnior. VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Hospital diz que jovem tido como primeiro caso no país tem variante menos perigosa. Alemanha detecta mais dois doentes. Israel e Suíça têm seus primeiros afetados. OMS identifica cerca de 90 globalmente. Imagem de microscópio mostra vírus causador da varíola do macaco Cynthia S. Goldsmith, Russell Regner/CDC via AP O brasileiro de 26 anos que é o primeiro infectado pela varíola dos macacos registrado na Alemanha passa bem, segundo o hospital em Munique onde ele está internado. "O paciente continua bem, ele tem relativamente poucos sintomas", disse o médico chefe do setor de infectologia da München Klinik Schwabing, Clemens Wendtner, segundo reportagem publicada neste domingo (22/05) pelo jornal TZ. "Ele tem lesões de pele em vários lugares, mas não está com febre e não sofre de falta de ar", afirmou o especialista. Compartilhe essa notícia no WhatsApp Compartilhe essa notícia no Telegram O rapaz está acomodado em um quarto individual, em isolamento. "No quarto do paciente, a pressão é negativa, de modo que nenhum ar pode escapar para o exterior de forma descontrolada. O ar de exaustão também é filtrado por um sistema de filtro à prova de vírus", disse o médico à publicação. As autoridades sanitárias do estado da Baviera informaram no sábado que o brasileiro está com a variante de vírus da África Ocidental, considerada mais branda. Leia também: Veja o que se sabe sobre a transmissão Varíola do macaco pode levar à morte, diz especialista Biden diz que 'todo mundo' deve se preocupar com a doença Apenas na sexta-feira o caso foi tornado público. O rapaz chegou ao país após viagem com origem em Portugal, passando pela Espanha. Ele estava há uma semana em Munique, no sul da Alemanha, aonde chegou depois de passar por Düsseldorf e Frankfurt. Varíola dos macacos: médico fala sobre a doença Mais dois casos em Berlim As autoridades municipais em Berlim confirmaram neste sábado dois casos na capital alemã. As autoridades sanitárias regionais disseram que uma análise está em andamento para apurar se os casos detectados na cidade são da cepa do vírus originária da África Ocidental ou da África Central. De acordo com o Instituto Robert Koch (RKI), agência governamental alemã para controle e prevenção de doenças infecciosas, as variantes do vírus de varíola dos macacos da África Central são significativamente mais contagiosas do que as variantes da África Ocidental. O governo regional berlinense anunciou que a condição dos infectados é "estável", mas ressaltou ser possível "que novas infecções sejam registradas nos próximos dias". Dinâmica é 'incomum' O infectologista do hospital universitário berlinense Charité, Leif Erik Sander, alerta que o atual surto de varíola dos macacos deve ser levado muito a sério porque a dinâmica é "incomum". Segundo o especialista, as cadeias de infecções e vias de transmissão devem ser melhor investigadas e efetivamente interrompidas. "Até agora, observamos um aumento desproporcional de infecções por varíola dos macacos entre os homens, especialmente após o contato sexual com outros homens", explicou Sander. "Como a infecção é transmitida por contato próximo com a pele e possivelmente também por contato com membranas mucosas e gotículas, atualmente recomendo cautela especial e evitar contato próximo e desprotegido com pessoas desconhecidas", afirmou. Sintomas da varíola dos macacos incluem erupção cutânea, febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfonodos inchados, calafrios e exaustão GETTY IMAGES/BBC Casos em Suíça e Israel Também neste sábado, a Suíça confirmou seu primeiro caso, no cantão de Berna. O paciente aparentemente entrou em contato com o vírus no exterior, segundo as autoridades regionais de saúde. Em Israel, a primeira infecção foi detectada em um homem de 30 anos que retornou recentemente da Europa Ocidental com sintomas da doença, informou um hospital de Tel Aviv, no que aparentemente é o primeiro caso identificado no Oriente Médio. As autoridades de saúde gregas relataram um caso suspeito em um turista inglês. A Organização Mundial da Saúde (OMS) identificou até este sábado cerca de 90 casos globalmente, e cerca de 30 casos suspeitos. Casos da doença relacionada à varíola haviam sido detectados anteriormente apenas entre as pessoas com laços com África Central e Ocidental. Nos últimos dias foram relatadas infecções também no Reino Unido, Espanha, Portugal, Itália, EUA, Suécia e Canadá, principalmente em homens jovens que não haviam viajado anteriormente para a África. França, Bélgica e Austrália também identificaram casos. Varíola de macaco: médicos buscam respostas sobre transmissão OMS pede medidas de combate A OMS afirmou na noite deste sábado serem necessárias uma série de medidas para combater a propagação da varíola dos macacos. "A identificação de casos confirmados e suspeitos de varíola dos macacos em vários países sem histórico de viagens para uma área endêmica é atípica, portanto, há uma necessidade urgente de aumentar a conscientização sobre a varíola dos macacos e realizar abrangentes buscas e isolamento de casos", disse a organização da ONU em Genebra. De acordo com a OMS, os casos que foram notificados até agora em Europa, América do Norte e Austrália afetaram principalmente homens tiveram relações sexuais com parceiros do mesmo sexo e que visitaram instalações médicas. No entanto, devido à situação de observação ainda limitada, é muito provável que surjam casos em outros grupos populacionais e países. O presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou neste domingo que o surto de varíola dos macacos é algo que "todo mundo deveria se preocupar". Em viagem à Ásia, o chefe de governo americano também afirmou que autoridades de saúde dos Estados Unidos estão investigando possíveis tratamentos e vacinas. O vírus da varíola geralmente causa sintomas leves, como erupção cutânea, febre e pústulas, mas o desenvolvimento também pode ser grave. Do ponto de vista da OMS, restrições de viagem ou cancelamentos de eventos nos países afetados não são necessários no momento. Embora a organização tenha apontado que as infecções podem ocorrer em eventos de massa, também enfatizou que as medidas de precaução contra a covid-19 também são eficazes contra a varíola dos macacos.
Polícia Científica foi acionada entre 20h e 23h da noite de sábado nos bairros Telégrafo, Sacramenta e Cremação. Três pessoas foram mortas a tiros na noite de sábado (21) em Belém. Em intervalo de três horas, a Polícia Científica do Pará foi acionada para atender a três homicídios nos bairros da Cremação, Sacramenta e Telégrafo. As vítimas morreram nos locais onde foram atingidas por tiros e os atiradores fugiram. O g1 procurou a Polícia Civil, PM e Segup para saber se algum suspeito foi identificado, além de informações sobre as investigações e detalhes das ocorrências, mas não obteve retorno até as 10h deste domingo (22). Uma das vítimas foi um flanelinha. A Polícia Científica foi acionada por volta das 20h de sábado. Ele foi atingido por tiros disparados de uma moto, com dois homens, na Avenida Alcindo Cacela, no bairro da Cremação. Outro homicídio ocorre na Rua São José na Sacramenta. A vítima também foi morta a tiro e a Polícia Científica foi acionada por volta das 22h. Antes das 23h, outro homem foi morto a tiros. A vítima, de 39 anos, foi atingida na passagem São Pedro, no bairro do Telégrafo. VÍDEOS do g1 com informações sobre o Pará Veja outras notícias do estado no g1 Pará

Massa de origem polar derrubou temperaturas nesta semana. Veja previsão. Frio derrubou temperaturas na região de Campinas Reprodução/EPTV Oito cidades da região registraram temperaturas mínimas inferiores a 5º C na madrugada deste domingo (22), apesar da alta no comparativo com sábado, de acordo com estações meteorológicas do Instituto Agronômico de Campinas (IAC). O levantamento considera 24 das 31 cidades da área de cobertura do g1 Campinas e a mais baixa foi de 2,9ºC em Monte Alegre do Sul. Veja abaixo gráficos com dados por município desde a chegada da massa polar ao estado, em 18 de maio. Os outros municípios em que os termômetros chegaram a marcar menos de 5ºC foram: Jaguariúna, Mogi Guaçu, Monte Mor, Morungaba, Serra Negra, Socorro e Tuiuti. Cidade mais populosa, Campinas teve mínima de 7,8ºC nesta madrugada, enquanto a mínima chegou ao patamar de 9,9ºC em Pedra Bela, o mais elevado para o grupo de municípios avaliado. O levantamento do IAC não abrange dados de Estiva Gerbi, Lindoia, Louveira, Mogi Mirim, Pinhalzinho, Santo Antônio de Posse e Santo Antônio do Jardim. Quando vai esquentar? A pesquisadora Ana Ávila, do Centro de Pesquisa Meteorológicas da Unicamp (Cepagri), afirmou que "o frio começa a ir embora" a partir desta quarta-feira (25), quando são esperadas temperaturas consideradas mais confortáveis. Segundo ela, a diferença de temperaturas entre os municípios está associada a uma série de fatores, como altitude, posicionamento de sensores e urbanização. "A massa de ar frio, de origem polar, vai perdendo força e as temperaturas vão aumentando. É uma situação progressiva e a partir de quarta-feira vai se sentir em todas as regiões, porque por enquanto há temperaturas baixas em algumas regiões. A secura vai persistir, e a temperatura máxima até um pouco acima da média para a época do ano", frisou. Evolução das temperaturas por município Veja a previsão deste domingo Previsão do tempo: domingo será de céu aberto e temperaturas baixas na região de Campinas VÍDEOS: destaques da região de Campinas Veja mais notícias da região no g1 Campinas.

Evento começa a partir das 15h30 de sábado (28) e faz parte das festividades de 104 anos da cidade. Esquadrilha da Fumaça durante apresentação Esquadrilha da Fumaça/Divulgação Catanduva (SP) vai receber no próximo sábado (28) uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça. De acordo com a prefeitura, a concentração será realizada nas proximidades do Aeroclube. O evento começa a partir das 15h30 e faz parte das festividades de 104 anos da cidade. Utilizando as aeronaves North American T-6, a Esquadrilha da Fumaça surgiu da iniciativa de jovens instrutores de voo da antiga Escola de Aeronáutica. Nas horas de folga, os pilotos treinavam acrobacias em grupo, com o intuito de incentivar os Cadetes a confiarem em suas aptidões e na segurança das aeronaves utilizadas na instrução, motivando-os para a pilotagem militar. Desde então, a Esquadrilha da Fumaça segue encantando gerações por onde passa. Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: confira as reportagens da TV TEM

Luciana Sagioro, de 16 anos, participou da tradicional competição internacional 'Prix de Lausanne', na Suíça. Em entrevista ao g1, ela contou como começou no balé, quais os próximos passos e a vontade de inspirar outras bailarinas. Bailarina em Juiz de Fora é eleita uma das melhores do mundo A bailarina de Juiz de Fora, Luciana Sagioro, de 16 anos, foi eleita a 3ª melhor do mundo ao participar tradicional competição internacional "Prix de Lausanne", na Suíça. Em entrevista ao g1, ela contou como começou no balé, quais os próximos passos e a vontade de inspirar outras bailarinas. Luciana Sagioro, bailarina em Juiz de Fora, fala sobre dedicação ao balé Balé desde sempre Luciana Sagioro, bailarina natural de Juiz de Fora Marcela Lemgruber/Divulgação Luciana começou no balé aos 3 anos de idade, quando foi fazer uma aula experimental em uma escola de Juiz de Fora. Segundo ela, dali em diante não quis mais parar: "o balé foi amor à primeira vista". "Falei para os meus pais que queria ser bailarina, que queria seguir com essa carreira e que a minha profissão é ser bailarina. Pesquisei na internet as melhores escolas profissionais que enviassem bailarina para o exterior e encontrei a 'Petite Danse', que é onde estou até hoje", contou. Mudança para o Rio de Janeiro A companhia em que a bailarina faz parte atualmente é do Rio de Janeiro. Com 9 anos, pediu aos pais para fazer uma aula experimental e como ela era muito nova os pais não deixaram ela se mudar, mas a deixaram ir para a capital fluminense duas vezes por semana para fazer as aulas de balé, desde que o rendimento escolar continuasse o mesmo. "Minhas notas na escola até aumentaram e aí eu consegui provar que era isso mesmo que eu queria. No final do ano os diretores conversaram com os meus pais e falaram que precisavam de mim todos os dias", explicou. Foi então que, aos 10 anos de idade, Luciana se mudou de vez para o Rio de Janeiro junto com uma ajudante da família. Hoje, aos 16, já mora sozinha. "Quando pessoas mais próximas a você sabem do seu proposito eles dão força. Claro que meus pais me perguntam se é isso que eu quero e quando eu falo sim eles me encorajam, então eu tenho um apoio muito grande. Não é fácil a distância, mas eu sei que o meu sonho é muito maior que tudo isso". Melhor bailarina da América Latina Juiz-forana participa de competição internacional de balé e conquista 3º lugar No início deste ano, ela participou da competição "Prix de Lausanne 2022". Ela se inscreveu pela escola de balé "Petite Danse", onde dança há 5 anos, e conquistou uma vaga disputadíssima. Eram 79 bailarinos ao todo e apenas 20 se classificariam para as finais. Desses 20, foram escolhidos os 7 melhores do mundo. Luciana conquistou o 3° lugar, além de ser a única da América Latina e da idade dela na premiação. Houve também uma votação na web para a escolha do “Bailarino da Torcida”, onde Luciana foi a eleita pelo público. "Você ser selecionada em um país como o Brasil que tem tantos talentos é algo muito gratificante. Foram mais de 3 mil inscritos, 70 selecionados em todo o mundo e eu fui uma das escolhidas. É muito gratificante para mim receber o 3º lugar do mundo, 1º no Brasil e na América Latina e também na web", analisou. Juiz-forana é eleita a 3ª melhor bailarina do mundo em competição internacional Marcela Lemgruber/Divulgação Próximos passos Juiz-forana Luciana Sagioro durante competição na Suiça Marcela Lemgruber/Divulgação As premiações renderam bons frutos à bailarina, que recebeu propostas de bolsas de estudos em 8 companhias de dança. Escolheu a "Ópera Nacional de Paris", berço do balé clássico. Em 353 anos de fundação, a companhia teve apenas 3 brasileiros estudando e treinando na escola, sendo que o último foi há mais de 30 anos. Nunca na história da Ópera houve um brasileiro convidado a estudar e Luciana se tornou a primeira bailarina a receber este convite. "Em setembro eu já entro na escola e estou muito animada para viver essa etapa da minha vida. Já estou começando a separar as melhores sapatilhas e sigo dançando de segunda a sábado para entrar com um bom rendimento", completou. Inspiração Luciana ressaltou que a vida no balé não é fácil e que apesar do glamour no palco, com sapatilhas e coques perfeitos, a vida de um bailarino requer muitos sacrifícios. Segundo ela, é um meio de muita competição e inveja. A dançarina pretende inspirar e mostrar a quem deseja ser renomado da dança que todos são capazes de realizar os próprios sonhos. "Se a gente não lutar por aquilo que a gente quer ninguém vai. É preciso saber que não é fácil, que vão aparecer obstáculos, mas só depende de você. Pra mim ainda é difícil acreditar que eu consegui um título assim tão nova, é algo muito grande pra mim, mas eu acreditei e abri mão de várias coisas pelo meu sonho. Temos que acreditar naquilo que a gente quer", concluiu. A adolescente quer inspirar outros bailarinos Marcela Lemgruber/Divulgação VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

O Clube Rural deste domingo (22) ensinou a fazer este prato rápido e fácil para acompanhar o seu almoço Aprenda a receita de um delicioso bobó de camarão No Clube Rural deste domingo (21), a culinarista Fernanda Lima ensina o preparo fácil e rápido de um bobó de camarão com azeite de dendê, perfeito para acompanhar o seu almoço. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Confira o passo a passo Ingredientes 300g de purê de macaxeira 150g de filé de camarão médio 200g de camarão seco salgado 1 cebola média picada 1 tomate picado 1/2 pimentão picado Cheiro verde a gosto 100g de azeitona com o caldo 100ml de azeite de dendê 200ml de leite de coco 200ml de creme de leite 200ml de leite Sal a gosto Cominho a gosto 1 pimenta de cheiro Pimenta biquinho para enfeitar Sugestão de acompanhamentos Arroz branco Batata palha Preparo Clube Rural ensina a fazer um delicioso bobó de camarão Reprodução/TV Clube Coloque a panela para esquentar. Acrescente o azeite de dendê e refogue os camarões. Junte o alho, a cebola, o tomate, o pimentão, o cheiro verde e a pimenta-de-cheiro e misture tudo. Acrescente o leite de coco para cozinhar e o cominho. Caso fique muito espesso, você pode acrescentar uma xícara de água. Deixe cozinhar por 5 minutos. Depois, misture o purê de macaxeira ao molho e misture até incorporar tudo. Agora, acrescente o leite. Por último, coloque o creme de leite e as azeitonas com a água da conserva. Após 20 minutos no fogo, o bobó de camarão está pronto. Agora, é só montar o prato e servir. 📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí 📲 Siga o g1 Piauí no Instagram e no Twitter VÍDEOS: assista às reportagens do Clube Rural

Com a ajuda de um motorista que passava, o concurseiro conseguiu chegar ao local da prova, mas teve de abandonar o veículo. Caso aconteceu no bairro Itanhangá Park, em Campo Grande, neste domingo (22). Homem viaja 102 km para concurso, mas carro pega fogo antes de chegar a local da prova Um morador de Nova Alvorada do Sul viajou de carro mais de 102 quilômetros para prestar concurso público em Campo grande, neste domingo (22), mas a pouco menos de mil metros do local da prova tomou um susto. O veículo pegou fogo e para não perder o exame teórico ele decidiu abandonar o automóvel em chamas. Veja vídeo acima. O caso aconteceu por volta das 7h, no cruzamento das ruas Joaquim Murtinho e Nova Era, no bairro Itanhangá Park. Um motorista que passava pelo local e que prefere não ter o nome revelado, conta que ajudou o homem a chegar ao local da prova, na Escola Estadual Hércules Maymone, no mesmo bairro. Segundo o motorista, o homem não chegou a revelar qual concurso público estava prestando, mas neste domingo estão sendo realizadas as provas de três certames do governo do estado. Juntos, oferecem 272 vagas para níveis médio e superior com salários que variam de R$ 1,8 mil a R$ 6,6 mil para a secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). Em relação ao carro, o fogo se alastrou rápido e destruiu completamente o veículo. O motorista que passou pelo local e ajudou o concurseiro disse que dois extintores foram usados para tentar controlar as chamas, mas não foram suficientes. “Não deu para fazer nada”, lamentou. Carro de concurseiro foi completamente destruído pelo fogo em Campo Grande na manhã deste domingo (22) Marcus Vinnicius/TV Morena Para conter as chamas foi necessário acionar o Corpo de Bombeiros. Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

De acordo com a Defesa Civil da capital, a máxima estimada para este domingo é de 24ºC. Belo Horizonte registra 10,7ºC na madrugada deste domingo (22) Reprodução/TV Globo O frio continua em Belo Horizonte. Os termômetros registraram 10,7ºC na madrugada deste domingo (22), segundo a Defesa Civil. A previsão meteorológica indica que o dia será de céu claro ainda com temperatura baixa. A máxima estimada é de 24 °C e a umidade relativa mínima do ar fica em torno de 30% à tarde. As temperaturas subiram um pouco, mas a previsão ainda é de frio ao longo da semana. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a segunda e a terça-feira (23 e 24) terão a máxima de 23ºC e a mínima de 11ºC. Já na quarta-feira (25), a previsão é de que os termômetros registrem mínima de 12ºC e máxima de 23ºC. Recorde de frio Com temperatura mínima de 4,4ºC, Belo Horizonte foi a capital brasileira mais fria na manhã da última quinta-feira (19), segundo o Inmet. A mínima foi registrada na capital mineira na Estação Cercadinho, na Região Oeste, entre 6h e 7h. Esta é a temperatura mais baixa na cidade nos últimos 43 anos e a segunda menor desde o início da série histórica, em 1961. Vídeos mais vistos do g1 Minas

Veja os vídeos com as reportagens do Distrito Federal. Veja os vídeos com as reportagens do Distrito Federal.

Novela 'Pantanal' propaga canção que Beto Guedes lançou em 1978 com letra de Ronaldo Bastos. Capa do single 'Amor de índio', de Gabriel Sater e João Carlos Martins Divulgação ♪ Tudo o que move o interesse popular é sagrado no mercado da música. Atendendo aos pedidos do público que segue com fervor a trama romântica de Jove (Jesuíta Barbosa) e Juma (Alanis Guillen) na saga épica de Pantanal, novela exibida às 21h pela TV Globo, Gabriel Sater lançou ontem, 21 de maio, o single em que canta Amor de índio, tema do casal. Lançada em 1978 na voz de Beto Guedes, no álbum justamente intitulado Amor de índio, a canção de autoria de Beto com letra de Ronaldo Bastos foi gravada por Sater com o toque lapidar do piano do maestro João Carlos Martins. A gravação foi feita para a novela sob direção de artística de Carlos Eduardo Martins, Paula Cunha – criadora da capa do single editado pela Indomável Produções Artísticas com distribuição da Valete's Records – e do próprio Gabriel Sater. Capa do single 'Amor de índio', de Cris Braun Divulgação Curiosamente, e coincidentemente, outra gravação de Amor de índio desembarcou nos players digitais na véspera da edição do single de Sater. Cris Braun desenterrou uma gravação de Amor de índio que fizera nos anos 2000, com produção musical e arranjo de Nilo Romero, e que permanecera inédita até então. A intenção foi imprimir ao registro da canção uma levada de “neobossa”. Na gravação de Braun, editada em single via Dubas (gravadora de Ronaldo Bastos, letrista da canção), Amor de índio tem programações, baixo e guitarras de Nilo Romero, além do toque do berimbau do percussionista Ramiro Musotto (1963 – 2009). Em atmosfera mais sensível e delicada, outra gravação de Amor de índio surgiu um pouco antes, em single editado em homenagem ao Dia das Mães pelo duo Dois Lados – formado por Jeh Senhorini (synth, beats e voz) e Letícia Damaris (guitarra, synth e voz) – com a cantora mineira Flávia Ellen. Jeh Senhorini e Letícia Damaris assinam a produção musical e o arranjo da gravação editada em 28 de abril em single com capa criada por Jeh com fotos das três artistas crianças nos colos das respectivas mães. O amor nunca foi tão sagrado... Capa do single 'Amor de índio', de Dois Lados e Flávia Ellen Divulgação
De acordo com o Sindicato dos Rodoviários da Bahia, os trabalhadores tentaram uma negociação e apresentaram uma pauta com 17 reivindicações, mas não houve negociação com os patrões. Os rodoviários do sistema de transporte público e complementar de Salvador fazem uma paralisação de 24 horas neste domingo (22). Por causa disso, a capital baiana está sem circulação de coletivos. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários da Bahia, os trabalhadores tentaram uma negociação e apresentaram uma pauta com 17 reivindicações, mas não houve negociação com os patrões. A previsão é de que os coletivos retornem às ruas na manhã de segunda-feira (23). O sindicato disse que segue disponível para negociações. Os donos de coletivos ainda não se manifestaram. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙 00:00 / 42:03

Alerta tem início às 10h deste domingo (22) e vai até as 10h da segunda-feira (23). Inmet emite alerta de perigo potencial de chuvas intensas para João Pessoa e mais 192 cidades da Paraíba; veja lista Reprodução/Inmet O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, neste domingo (22), um alerta amarelo de perigo potencial de chuvas intensas para João Pessoa e mais 192 cidades da Paraíba. O aviso de acumulado de chuvas começa às 10h deste domingo e é válido até as 10h da segunda-feira (22). (Veja lista completa no fim da matéria) De acordo com o alerta, pode chover entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. Ainda existe baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.. O órgão orienta aos moradores que em caso de rajadas de vento, evitem se abrigar debaixo de árvores e estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Além disso, deve-se evitar enfrentar o mau tempo e observar as alterações nas encostas. Também é recomendado evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Para mais informações, o Inmet indica o contato 199 da Defesa Civil e 193 do Corpo de Bombeiros. Cidades com alerta de acumulado de chuvas: Água Branca Alagoa Grande Alagoa Nova Alagoinha Alcantil Algodão de Jandaíra Alhandra Amparo Aparecida Araçagi Arara Araruna Areia Areia de Baraúnas Areial Aroeiras Assunção Baía da Traição Bananeiras Baraúna Barra de Santana Barra de Santa Rosa Barra de São Miguel Bayeux Belém Belém do Brejo do Cruz Bernardino Batista Boa Vista Bom Sucesso Boqueirão Borborema Brejo do Cruz Brejo dos Santos Caaporã Cabaceiras Cabedelo Cacimba de Areia Cacimba de Dentro Cacimbas Caiçara Cajazeirinhas Caldas Brandão Camalaú Campina Grande Capim Caraúbas Casserengue Catingueira Catolé do Rocha Caturité Condado Conde Congo Coremas Coxixola Cruz do Espírito Santo Cubati Cuité Cuité de Mamanguape Cuitegi Curral de Cima Damião Desterro Dona Inês Duas Estradas Emas Esperança Fagundes Frei Martinho Gado Bravo Guarabira Gurinhém Gurjão Imaculada Ingá Itabaiana Itapororoca Itatuba Jacaraú Jericó João Pessoa Joca Claudino Juarez Távora Juazeirinho Junco do Seridó Juripiranga Juru Lagoa Lagoa de Dentro Lagoa Seca Lastro Livramento Logradouro Lucena Mãe d'Água Malta Mamanguape Marcação Mari Massaranduba Mataraca Matinhas Mato Grosso Maturéia Mogeiro Montadas Monteiro Mulungu Natuba Nova Floresta Nova Palmeira Olho d'Água Olivedos Ouro Velho Parari Passagem Patos Paulista Pedra Lavrada Pedras de Fogo Pedro Régis Piancó Picuí Pilar Pilões Pilõezinhos Pirpirituba Pitimbu Pocinhos Poço Dantas Poço de José de Moura Pombal Prata Puxinanã Queimadas Quixaba Remígio Riachão Riachão do Bacamarte Riachão do Poço Riacho de Santo Antônio Riacho dos Cavalos Rio Tinto Salgadinho Salgado de São Félix Santa Cecília Santa Cruz Santa Luzia Santa Rita Santa Teresinha Santo André São Bentinho São Bento São Domingos São Domingos do Cariri São Francisco São João do Cariri São João do Rio do Peixe São João do Tigre São José da Lagoa Tapada São José de Espinharas São José do Bonfim São José do Brejo do Cruz São José do Sabugi São José dos Cordeiros São José dos Ramos São Mamede São Miguel de Taipu São Sebastião de Lagoa de Roça São Sebastião do Umbuzeiro São Vicente do Seridó Sapé Serra Branca Serra da Raiz Serra Redonda Serraria Sertãozinho Sobrado Solânea Soledade Sossêgo Sousa Sumé Tacima Taperoá Teixeira Tenório Triunfo Uiraúna Umbuzeiro Várzea Vieirópolis Vista Serrana Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Confira quais são as linhas e os horários. Mais linhas de ônibus passaram a funcionar sem cobradores em Porto Alegre Prefeitura de Porto Alegre/Divulgação A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vai ampliar, na segunda-feira (23), a oferta de horários de 11 linhas de ônibus em Porto Alegre. Além disso, 15 linhas vão começar a funcionar sem cobradores. A oferta de horários é válida somente aos finais de semana e dá conta dos horários de pico. Confira, abaixo, quais são as linhas. No site da EPTC é possível conferir a relação de horários. Dias úteis a partir de segunda As linhas 343, 353, 1493, 2601, 2602, 272, 281, R10, 659, B55 e B02 terão ampliação de viagens nos horários de pico (das 6h às 9h) e das 16h às 19h. Mais 15 linhas serão autorizadas a operar sem cobrador. São elas: 173 – Camaquã 244 – Santa Teresa 244.1 – Santa Teresa/Mariano de Mattos 256 – Intendente Azevedo 256.1 – Nazareth 256.2 – Nazareth/Intendente 433 – Vila Jardim 349 – São Caetano/Sarmento Leite 361 – Cefer 432.1 – Carlos Gomes/Petropolis B09 – Aeroporto/Indústrias/Iguatemi 624 – São Borja 637.2 – Chácara das Pedras via IAPI 665 – Planalto/Sabará B56 – Passo das Pedras/Aeroporto Mudanças que começaram no sábado (21) As linhas A09, A85, 2701, 653 e 349 foram reativadas As linhas 436, 4382 e A257 tem horário ampliado até as 22h30 Mudança para domingos e feriados As linhas 654, 6372, 650, 429, 433, 436, 4382, 473, 525, 6712, 2533* e 2543* foram reativadas As linhas 344, 3463, 347, 361, 3946, 3971, 4951, A 375, A954, 3762, A348 e A360 terão o atendimento noturno com viagens até ou próximo às 22h *Clientes que utilizam as linhas 251 Alpes e 2531 Renascença devem fazer o uso da linha 2533 *Clientes que utilizam as linhas 274 Glória e 2741 Gloria Cascatinha Azenha, 2541 Embratel Canudos Cascatinha e 250 1º de Maio devem fazer o uso da linha 2543 VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Com esse passo a passo, você terá um pão fofinho e crocante que cai muito bem com um cafezinho. Aprenda a fazer pão de queijo mineiro O pão de queijo é paixão do país inteiro. A receita precisa de poucos ingredientes e dá para fazer em casa. O NE Rural deste domingo (22) ensina como preparar essa delícia típica de Minas Gerais. Quem explica o passo a passo é o chefe de panificação Diego Castro. Veja abaixo: Ingredientes: 200g de polvilho azedo 200g de queijo coalho 200g de batata inglesa cozida e amassada 100ml de creme de leite 1 ovo Sal a gosto e óleo para untar a forma e a bancada, na hora de sovar a massa Modo de preparo: Misture em um recipiente, o polvilho azedo e o queijo, que também pode ser muçarela; Depois adicione a batata inglesa, cozida e amassada; Para incorporar a batata no polvilho e queijo, misture tudo com a mão mesmo; Em seguida, acrescente o creme de leite e o ovo; Finalize a massa com o sal a gosto; Misture tudo com a mão, até a massa ficar com uma boa consistência; A dica do chefe é misturar a massa até que ela comece a desgrudar da forma; Diferentemente da massa do pão caseiro, a do pão de queijo não precisa ser sovada por tanto tempo. Dois minutinhos bastam, até levar ao forno; Antes disso, é importante untar a forma com óleo e passar um pouquinho dele na mão também, para fazer as bolinhas de pão de queijo e evitar que elas fiquem grudadas; O forno precisa estar pré-aquecido a 160ºC; 25 minutos são mais que suficientes para os pães de queijo fiquem prontos; Sirva quentinho. Receita do NE Rural NE Rural/Reprodução Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:

A vítima foi baleada no bairro da Ribeira e morreu após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maracanã, na zona rual da capital. Jovem é morto a tiros na frente da companheira em São Luís; vítima teria reagido a assalto Foto: Divulgação (Imagem ilustrativa) Na noite desse sábado (21), um jovem de 26 anos, identificado como Eider dos Santos Vale, conhecido como ‘Juju’, foi assassinado a tiros em São Luís. A vítima foi baleada no bairro da Ribeira e morreu após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maracanã, na zona rual da capital. Segundo investigações da Polícia Civil do Maranhão, o crime aconteceu por volta das 20h40, quando Eider e a companheira dele estavam saindo de uma lanchonete no bairro Ribeira e foram abordados por quatro pessoas que estavam a pé, em posse de arma de fogo. O grupo anunciou o assalto, porém a vítima reagiu e foi alvejada por vários tiros. Eider foi atingido na face, abdômen, peito, perna e braços. A vítima foi levada para a UPA do Maracanã, onde não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Uma equipe do 21º Batalhão de Polícia Militar foi acionada e esteve no local do crime para averiguar o caso. A PM fez buscas na área, mas nenhum suspeito foi preso nem identificado. Quanto a vítima, a polícia fez a consulta no banco de dados e constatou que Eider dos Santos Vale tinha passagens pela polícia pelos crimes de roubo qualificado (2014), homicídio doloso (2015), ameaça (2015) e associação criminosa (2017), tendo três passagens pelo sistema prisional. A morte do jovem está sendo investigada pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Em primeira visita à Ásia desde que tomou posso, presidente dos EUA foi à Coreia do Sul. Neste domingo (22), ele chegou ao Japão para lançar plano econômico na área. Presidente dos EUA, Joe Biden, chega a Tóquio, em visita para neutralizar ameaças da Coreia do Norte na região Associated Press O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chegou neste domingo (22) ao Japão, segunda etapa de sua primeira viagem à Ásia desde que tomou posse. A viagem tem como pano de fundo a ameaça norte-coreana, as ambições geopolíticas da China e a guerra na Ucrânia. Em meio a um furacão geopolítico na região, diante de testes nucleares da Coreia do Norte e ambições da China e da Rússia, Biden vai lançar no Japão um grande plano econômico conjunto com países da área que já recebe críticas de especialistas locais. A ideia do plano é incentivar, com a colaboração dos EUA, padrões comuns para a cadeia de produção local e para o comércio de energia limpa, infraestrutura e comércio digital. Manifestantes protestam contra visita de Biden ao Japão Em sua chegada a Tóquio, Biden enfrentou oposição de centenas de japoneses, que protestaram no centro da capital japonesa contra a vista do líder norte-americano, que, para eles, pode alterar a paz na região. "Isso é extremamente perigoso agora. O Japão e os EUA estão tentando conduzir uma guerra na China", alegou o organizador do ato, Shunkichi Takayama. Na segunda-feira (23), Biden vai se reunir com o primeiro-ministro Fumio Kishida e com o imperador Naruhito, com quem debaterá a expansão da capacidade militar do país. No dia seguinte, participará da cúpula do Quad, com os governantes de Austrália, Índia, Japão e Estados Unidos. Depois de visitar a Coreia do Sul, outro grande aliado dos Estados Unidos na Ásia, Biden chegou à Base Aérea de Yokota, nos arredores de Tóquio, nesta manhã. Varíola dos macacos Mais cedo, ainda durante a visita à Coreia do Sul, Biden disse que o surto de varíola dos macacos é algo que "todo mundo deveria se preocupar". Ele também afirmou que autoridades de saúde dos Estados Unidos estão investigando possíveis tratamentos e vacinas. "Estamos trabalhando duro para descobrir o que fazer", disse Biden a repórteres em uma base aérea na Coreia do Sul, pouco antes de partir para o Japão. Leia também: Coreia do Norte dispara provável míssil balístico a partir de submarino, dizem Coreia do Sul e Japão EUA e Coreia do Sul querem mais laços militares em meio a tensão regional

Segundo pasta, quem apresenta febre e dor no corpo deve buscar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para avaliação médica. De janeiro até sexta-feira (20), DF registou quase 50 mil casos prováveis e 2 mortes pela doença. Mosquito Aedes aegypti é responsável por transmitir a dengue - imagem de arquivo Reprdoução/EPTV Apesar da falta de testes para diagnosticar dengue no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde diz que é possível identificar a doença sem o exame, apenas com a análise dos sintomas. No último boletim epidemiológico, divulgado na sexta-feira (20), a pasta confirmou 46.932 casos prováveis e 2 mortes pela doença, em Brasília, neste ano. LEIA TAMBÉM: SURTO: em 4 meses, Brasil chega ao mesmo patamar de casos de dengue de todo o ano passado ENTENDA: o que está por trás de nova epidemia de dengue no país Os dados são referentes ao período entre 3 de janeiro e 8 de maio e representam um aumento de 528,2% no número de infectados, em comparação ao mesmo período de 2021, quando foram registrados 6.593 casos prováveis. Segundo a pasta, os sinais clínicos mais comuns, na maioria dos casos, são: Febre alta Dor de cabeça Manchas vermelhas no corpo Dor nas articulações Mal-estar Dor nos olhos Falta de apetite O subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Oronides Urbano Filho, alerta que, com esses sinais, a população deve buscar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para avaliação clínica. O médico é quem pode indicar a realização de um exame de sangue, para confirmar a infectação. "Clinicamente a gente é capaz de fazer a hipótese diagnóstica de dengue e, com um exame simples de hemograma, conseguimos acompanhar esse paciente, intervir e ajudar no bom desfecho", diz o subsecretário. Urbano Filho explica que, após o diagnóstico, o mais importante é iniciar o tratamento "imediatamente", em geral, com a reidratação. Dengue: veja sintomas, cuidados, tratamento e como evitar a doença A falta de testes no DF A SES-DF admite que há uma "falta transitória" de testes de dengue. Segundo o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, na última semana chegaram 10 mil unidades, e há previsão da chegada de mais 30 mil testes até o fim do mês. Segundo o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, a realização dos exames ajuda a ampliar a vigilância epidemiológica e a tirar dúvidas em determinados casos, mas a falta não impede a notificação e nem o tratamento. Ele diz que a dengue é uma doença diferente da Covid-19, em que o teste é importante para que haja isolamento e o infectado não contamine outras pessoas. "O principal fator é que a dengue tem um agente intermediário, que é o mosquito. No caso da Covid, não, você é o transmissor", explica Divino. Como os sintomas de Covid são semelhantes aos da dengue, a secretaria alerta que é importante que as pessoas busquem atendimento imediato em uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Casos de dengue por idade no DF Mãos de bebê / criança em imagem de arquivo TV Globo /Reprodução Segundo o último boletim epidemiológico, a faixa etária com maior número de casos de dengue é a de pessoas entre 20 a 29 anos, com 7.254 infectados. No entanto, as ocorrências mais graves são em crianças menores e idosos. Conforme o levantamento, até 8 de maio foram registrados 307 casos de dengue em bebês com menos de um ano, o que representa 0,7% do total. Já entre as pessoas com mais de 60 anos, foram 5.671 casos. "Crianças mais novas, particularmente, podem ser menos capazes que adultos de compensar o extravasamento capilar e estão, consequentemente, têm maior risco de choque por dengue", diz o boletim. Já idosos fazem parte do grupo de risco por terem um sistema imunológico "menos eficiente" e "pela possível existência de doenças associadas, além de se desidratarem com mais facilidade", aponta o documento. Veja tabela por faixa etária: Proporção e incidência dos casos prováveis de dengue por grupo etário no DF em 2022 Casos por região Com 7.731 casos prováveis, Ceilândia é a região com o maior número de registros de dengue no Distrito Federal. Em seguida, aparece Samambaia, com 3.973 casos, e São Sebastião, com 2.606 notificações (veja abaixo). Casos de dengue por região, no DF Secretaria de Saúde do DF Como se prevenir da dengue A transmissão da dengue se dá pela picada da fêmea infectada do Aedes aegypti, mosquito que costuma circular em regiões quentes e chuvosas. A água parada, como a que se acumula em pratos de vasos de plantas, calhas e garrafas no quintal, é onde o inseto se reproduz. Para evitar a reprodução, o Ministério da Saúde reuniu uma série de orientações; confira abaixo: Faça uso de repelente sempre que estiver em áreas consideradas de infestação. Os mais indicados pela OMS são à base de Icaridina e que oferecem até 12 horas de proteção; Priorize o uso de roupas claras, leves e que cubram todo o corpo – o Aedes aegypti tem atração pelo suor e por cores escuras; Faça exames de rotina e, em caso de sintomas similares aos da dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus, procure a unidade de saúde mais próxima e consulte um médico. Prevenção em casa Residências em Vicente Pires, no DF, recebem mutirão da Vigilância Ambiental contra a dengue Breno Esaki/Agência Saúde Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol Mantenha o terreno limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros Tampe os tonéis e caixas d’água Mantenha as calhas sempre limpas Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo Mantenha lixeiras bem tampadas Deixe ralos limpos e com aplicação de tela Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa Evite o acúmulo de água em pneus e calhas Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa Coloque areia nos vasos de plantas Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

As vítimas estavam em um automóvel em que o motorista perdeu o controle da direção, saiu da pista e foi localizado tombado às margens da rodovia. Veículo invadiu matagal às margens da BR-267 em acidente em Olaria Eliane Moreira/g1 Um jovem de 26 anos morreu e outras 5 pessoas, que não tiveram as identidades divulgadas, ficaram feridas em um acidente na madrugada deste domingo (22) na BR-267 em Olaria (MG). Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as vítimas estavam em um automóvel, com capacidade para 5 ocupantes, em que o motorista perdeu o controle da direção na altura do km 175, saiu da pista, capotou e foi localizado tombado em um matagal às margens da rodovia. Automóvel em que as vítimas estavam foi encontrado tombado em matagal ao lado da BR-267 em Olaria (MG) Corpo de Bombeiros/Divulgação No local, o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmou o óbito do jovem, que ficou preso sob o veículo, e as outras vítimas socorridas e encaminhadas para atendimento médico em hospitais da região. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada para realizar os trabalhos que devem determinar as causas do acidente. Como as identidades das vítimas não foram divulgadas e nem para quais unidades hospitalares foram levadas, a reportagem não conseguiu atualizar os estados de saúde delas. Até esta publicação a ocorrência estava em andamento. Veículo invadiu matagal às margens da BR-267 em Olaria Corpo de Bombeiros/Divulgação VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

No sábado (21), foram registrados 358 casos conhecidos da doença. A Bahia tem 372 casos ativos de Covid-19 segundo dados divulgados no sábado (21), pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Além disso, nas últimas 24h, foram registrados 358 casos conhecidos da doença e uma morte. Mortes e casos de Covid-19 nas cidades baianas A secretaria alertou que os números podem sofrer alterações porque há uma instabilidade no sistema do Ministério da Saúde, que eventualmente disponibiliza informações inconsistentes ou incompletas. O percentual de leitos de UTI pediátrica em Salvador segue com 100% de ocupação. [Veja no final da reportagem outros dados referentes aos leitos hospitalares no estado e na capital baiana] Dos 1.546.724 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.516.435 são considerados recuperados e 29.917 tiveram óbito confirmado. O boletim contabiliza ainda 1.871.984 casos descartados, 334.041 em investigação e 63.355 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19 Os dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h de sábado. O boletim completo está disponível no site da Sesab e no Business Intelligence. Vacinação Até o momento a Bahia tem 11.648.771 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.670.451 com a segunda dose ou dose única, 5.762.492 com a dose de reforço e 165.282 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 926.046 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 453.937 já tomaram também a segunda dose. Leitos Bahia registra 256 casos ativos e nove mortes Divulgação/Governo da Bahia A Bahia tem 496 leitos ativos para tratamento da Covid-19. Desse total, 98 estão com pacientes internados, o que representa taxa de ocupação geral de 20%. Desses leitos, 210 são de UTI adulto e estão com taxa de ocupação de 16% (34 leitos ocupados). Nas UTIs pediátricas, 19 das 23 vagas estão com pacientes (83% de ocupação). Os leitos clínicos para adultos estão com 7% de ocupação e os infantis, com 63%. Em Salvador, dos 195 leitos ativos, 58 estão ocupados (30% de ocupação geral). A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto é de 22% e o pediátrico está em 100%. Ainda na capital baiana, os leitos clínicos para adultos estão com 19% de ocupação e os pediátricos, com 70%. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 e Ouça 'Eu te explico' 🎙
Não será cobrado ingresso neste domingo (22), apenas é pedida a doação de 2kg de alimento não perecível. Conheça a história do 'Festival Casarão': Um dos eventos mais tradicionais do Estado Neste domingo (22) o Festival Casarão pede a doação de 2kg de alimento não perecível para entrada no evento. Tudo será doado para o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC), segundo a organização. O Casarão acontece nos dias 20, 21, 22 e 23 de maio, em Porto Velho, na Talismã 2. Veja abaixo a programação e horários dos shows 18h: Monolito (Ariquemes) 18h30: Malcriados (RO) 19h: Calibre Insano (RO) 19h30: Wari (RO) 20h: Da Ordem Ao Caos (RO) 20h30: Dom Vinil (RO) 21h: Benvindo ao Pacífico (RO) 21h30: Kanichi (TO) 22h: Distopia (RO) 22h30: Nitro (RO) 23h: Beto Bruno (RS)

Temperaturas seguem em elevação em todo o estado. Domingo (22) vai ser de sol e calor no Acre, prevê Sipam Assis Lima/ Arquivo pessoal As temperaturas seguem em elevação em todo o Acre neste domingo (22). A previsão para este dia é de céu claro a parcialmente nublado, com muito sol e calor, sem previsão de chuva em todo o Acre. Confira as temperaturas em todas as regiões: Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 18°C e a máxima de 32ºC. Baixo Acre Mínima de 19°C e máxima de 31ºC são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 19ºC e 31°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 19º C e 30°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 20°C e a máxima de 31°C.

Veja os principais destaques do g1 Acre na semana de 15 a 21 de maio. Você Viu? g1 lista reportagens mais lidas da semana g1 A semana foi marcada pelo julgamento do Caso Jonliane Paiva. Depois de três dias de intensos debates entre a defesa e a promotoria, a Justiça condenou os motoristas que participavam do racha, ícaro Pinto e Alan Araújo. A onda de frio intenso que atingiu o Brasil essa semana não chegou com força no Acre, mas a frente fria amenizou as altas temperaturas, principalmente à noite. Campanha para a arrecadação de agasalho foi feita pelo governo. Outra boa notícia foi que o número de mortes violentas caiu 30% no estado, segundo o Monitor da Violência. Outro assunto que repercutiu foi a morte da acreana Marina Paz, no DF. A reportagem do g1 conversou com uma amiga da vítima. E depois de cinco anos da morte do padre Paolino Baldassari, foi aberto nesse sábado (21) o inquérito do processo de beatificação, que irá elevar oficialmente o sacerdote à condição de “Servo de Deus”. Perdeu alguma coisa? Releia as reportagens mais acessadas da semana. Biblioteca da Floresta sofre incêndio que atinge parte de acervo em Rio Branco Domingo (15/05) Biblioteca da Floresta sofre incêndio que atinge parte de acervo em Rio Branco Dupla é presa com mais de 50 quilos de droga escondidos nas laterais de carro no Acre Cerca de 56 mil pessoas estão na fila do desemprego no Acre, aponta IBGE Saúde faz chamamento para cadastro de mais de 390 pacientes com a doença Jorge Lobo no AC; Veja calendário Campanhas arrecadam roupas e cobertores para pessoas em situação de rua de Rio Branco Divulgação/Sesc Segunda-feira (16/05) Campanhas arrecadam agasalhos e cobertores para pessoas em situação de rua em Rio Branco; saiba como ajudar Queda de temperatura deixa tempo ameno no Acre com a chegada de mais uma frente fria Amazônia Legal: Acre desmatou 11 km² de floresta em abril, aponta Imazon Caçador é preso após matar colega com tiro acidental de espingarda no interior do Acre Caso Jonhliane: Júri começa nesta terça-feira (17) em Rio Branco Iryá Rodrigues/g1 Terça-feira (17/05) Caso Jonhliane: Vítima foi arremessada a mais de 70 metros com a batida, diz perito ao testemunhar No AC, 11 cidades são incluídas em pesquisa de saúde bucal do Ministério da Saúde Acre é terceiro estado do país com menor número de mortes no trânsito em 2021, diz PRF Após 6 meses em obra, Defla retoma atendimentos no Bairro Estação Experimental em Rio Branco Número de assassinatos no Acre reduziu nos primeiro trimestre de 2022 Aline Nascimento/g1/Arquivo Quarta-feira (18/05) Número de assassinatos cai quase 30% no Acre e estado tem a menor taxa do país no 1º trimestre do ano Caso Jonhliane: Veja o resumo do que aconteceu no 2º dia do julgamento dos acusados Homem que transportava mais de 43 quilos de droga em rodovia do Acre é preso Mães alegam que filhos autistas sofrem sem auxílio de mediadores em escolas no interior do AC Ícaro Pinto e Alan Araújo foram condenados pela morte de Jonhliane Paiva Iryá Rodrigues/g1 Quinta-feira (19/05) Justiça condena Ícaro Pinto em regime fechado e Alan Lima no semiaberto pela morte de Jonhliane ‘Alento no coração’, diz mãe de Jonhliane após condenação de acusados pela morte que gerou comoção no Acre Com 100 anos, ex-combatente da Segunda Guerra Mundial é considerado morador mais velho de cidade no interior do Acre 'Quando ele tenta frear, aí tira a questão do dolo eventual', diz defesa de Ícaro no júri do caso Jonhliane Marina é de Rio Branco e foi achada morta no DF Arquivo pessoal Sexta-feira (20/05) ‘Saiu do Acre com um sonho’, diz amiga de acreana achada morta com corpo parcialmente queimado no DF Para ajudar na alimentação de gêmeos prematuros, mãe conta com doação do banco de leite no AC: ‘Serei pra sempre grata’ Empresário do Acre Maurício Lisboa morre após ter carro atingido por veículo que disputava racha em SC Saúde de Rio Branco amplia para 60 anos público para 2ª dose de reforço contra a Covid Governo fez o lançamento da ExpoJuruá Marcos Santos/Secom Sábado (21/05) Governo lança Expoacre Juruá 2022 e anuncia shows de Wesley Safadão e Murilo Huff em Cruzeiro do Sul Nos últimos quatro anos, 75 pessoas se tornaram órfãs de vítimas de feminicídio no Acre Polícia é chamada após professor achar papel com símbolo nazista e frase sobre massacre em colégio no AC Candidato a Santo: Processo de beatificação do padre Paolino começa neste sábado (21) no interior do AC

Ele fazia a segurança de uma propriedade rural quando houve a briga. Polícia Civil trabalha para descobrir o motivo do conflito. Viniciu Reinaldo Albrecht, de 37 anos, foi morto durante uma briga em Ciríaco, divulgou a polícia Brigada Militar/Divulgação Um policial militar (PM) que estava de folga e fazia a segurança de uma propriedade rural em Ciríaco, no Norte do estado, morreu no sábado (21) após ser baleado durante uma briga no local. Ele foi identificado pela Brigada Militar (BM) como Viniciu Reinaldo Albrecht, de 37 anos. De acordo com a BM, a propriedade onde houve a briga fica em Cruzaltinha, área rural de Ciríaco. Albrecht foi baleado na região do peito por um homem e morreu. O homem também foi baleado, levado por pessoas que estavam no local para o Hospital São Vicente de Pauta, em Passo Fundo, onde passou por cirurgia e não corre risco de morrer. A Polícia Civil trabalha para descobrir o motivo da briga. Além disso, vai avaliar se as armas estão regularizadas. Natural de Jacutinga, Albrecht era soldado da BM desde 2009. De acordo com a BM, trabalhou durante toda a carreira nos municípios de Tapejara e Santa Cecília do Sul. Era casado e tinha dois filhos. O velório ocorre na capela trindade da Funerária São Cristóvão, em Tapejara, desde às 6h deste domingo (22). O enterro está previsto para ocorrer a partir 14h no Cemitério Municipal João Rombaldi. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Político sofreu grave atentado na tarde de terça-feira (17), em Pedro Juan Caballero, cidade fica na linha fronteiriça e é vizinha à Ponta Porã (MS). Prefeito de Pedro Juan Caballero tem morte cerebral decretada. Redes sociais/Reprodução Após grave atentado, o prefeito de Pedro Juan Caballero (PY), José Carlos Acevedo, 53 anos, morreu neste sábado (21). Ele teve o carro atingido por diversos tiros no momento em que saia da prefeitura na terça-feira (17), na cidade vizinha a Ponta Porã (MS). O velório começou na madrugada deste domingo (22), na câmara municipal da cidade. Os próprios familiares, entre eles, o governador de Amambay, Ronald Acevedo, irmão de José Carlos, carregaram o caixão até o local da despedida. Eles chegaram a atravessar a praça municipal com o caixão. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram A morte cerebral havia sido confirmada pela equipe médica do hospital onde ele estava internada no ínicio da tarde deste sábado. À noite, ele morreu. "Não há palavras", diz irmão de prefeito, que é governador no Paraguai Cerimônia foi próximo ao local do atentado. Reprodução/RubénValdezeRedesSociais Acevedo foi levado em estado grave para um hospital na cidade paraguaia, na região de fronteira com o Brasil. Horas antes de atentado, prefeito de cidade no Paraguai celebrou vacinação contra Covid em cerimônia. Veja a foto acima. LEIA TAMBÉM Grávida de gêmeas é executada na fronteira Brasil/Paraguai, e bebês são salvas após cirurgia de urgência Cinco pessoas são executadas na fronteira entre Brasil e Paraguai; vereador e filha de governador paraguaio estão entre as vítimas Fronteira Brasil/Paraguai já foi cenário de diversas mortes em 2022; relembre casos Atentado Conforme informações apuradas no local do atentado, Acevedo estava dentro do carro quando os pistoleiros chegaram e efetuaram pelo menos 10 tiros contra o veículo. O prefeito de Pedro Juan Caballero foi retirado do carro, colocado em uma maca e encaminhado imediatamente a um hospital na região de fronteira. O atentado ocorreu em frente a um mercado. José Carlos Acevedo é irmão do governador de Amambay, Ronald Acevedo, e é tio de Haylee Carolina Acevedo Yunis, jovem que morreu aos 21 anos em uma chacina, também em Pedro Juan Caballero. O carro em que os dois homens estavam. Reprodução Investigações Na quinta-feira (19), Dois homens e uma mulher foram presos em Pedro Juan Caballero pela suspeita de envolvimento no atentado ao prefeito. As prisões foram feitas durante buscas em diversos imóveis, realizadas pela Polícia Nacional do Paraguai. De acordo com a polícia paraguaia, durante as buscas foram apreendidos 31 carregadores de armas de fogo, sendo 21 de pistola nove milímetros. José Carlos Acevedo é irmão do governador de Amambay, Ronald Acevedo, e é tio de Haylee Carolina Acevedo Yunis, jovem que morreu aos 21 anos em uma chacina, também em Pedro Juan Caballero. Veja vídeo abaixo. Vídeo mostra execução de quatro pessoas em Pedro Juan Caballero Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:
Técnica é famosa no município Atílio Vivácqua, no Espírito Santo. Dependendo do tamanho, cada buraco pode segurar de 200 a 400 mil litros. Entenda o que são barraginhas, um jeito barato e simples para 'guardar' água da chuva Como uma forma de minimizar a crise hídrica, as barraginhas já conquistaram agricultores de 15 estados do Brasil, além do Distrito Federal. A estrutura, que nada mais é do que uma bacia escavada no solo, se tornou uma alternativa simples, barata e eficaz para armazenar água da chuva. APRENDA a montar barraginhas Assista a todos os vídeos do Globo Rural A cidade Atílio Vivácqua, que fica no sul do Espírito Santo, é famosa por ser a que mais tem barraginhas no estado. Nos últimos quatros anos, o município construiu 400 estruturas em diferentes bairros. A meta é chegar a 1.200 até 2024. Segundo o secretário de Meio Ambiente do município, Márcio Manon, o interesse pelas barraginhas começou depois que houve um déficit hídrico em 2013. Isso fez com que aumentasse a procura por alternativas que minimizassem o prejuízo. Barragem subterrânea permite acumular água da chuva o ano todo Veja a segunda parte da reportagem sobre barraginhas, técnica usada para represar água da chuva nas propriedades Construção Como regra geral, a construção das barraginhas deve respeitar alguns critérios: não pode ser feita dentro de Área de Preservação Permanente e a declividade do terreno não pode passar de 16%. A condição do terreno e as características do solo são o que define o tamanho. O diâmetro pode variar de 16 a 30 metros e a profundidade, de 1,5 a 1,8 metro. A construção demora cerca de quatro horas e, dependendo do tamanho, cada barraginha pode segurar de 200 a 400 mil litros de água. Estudo A dinâmica da barraginha foi testada e aprovada ao longo do vale do Rio Paiol em Sete Lagoas, Minas Gerais. A região funcionou como o grande laboratório do Projeto Barraginhas, na década de 1990. Durante o teste, foi verificado que o agricultor não deve deixar a barraginha com água por muito tempo, já que sua função é justamente esvaziar para encher novamente com a próxima chuva. Saiba mais na reportagem completa nos vídeos acima. Vídeos: mais assistidos do Globo Rural

Mulher de 44 anos estava de colete e saiu da água consciente e orientada. Velejadora à deriva no mar é resgata pelos bombeiros na Praia do Cumbuco Uma velejadora de 44 anos foi resgatada por guarda-vidas do Corpo de Bombeiros após ficar à deriva com o equipamento no mar da Praia do Cumbuco, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. O caso aconteceu no fim da tarde deste sábado (21). Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionada e auxiliou o resgate iluminando o mar, enquanto os agentes nadavam ao encontro da velejadora. A mulher, que estava de colete, saiu da água consciente e orientada. (veja no vídeo acima) LEIA TAMBÉM: Micro-ônibus tomba e deixa três estudantes feridos no Ceará Conforme o capitão Rodrigo Carneiro, da 2ª Companhia de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento (BBS) do Corpo de Bombeiros, os agentes foram acionados por volta das 17h40, via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), para retirar da água uma kitsurfista que estava a cerca de 300 metros de distância da faixa de areia e não conseguia sair do mar "por falta de vento". Aeronave da Ciopaer iluminou o mar durante resgate de velejadora na Praia do Cumbuco, em Caucaia. Reprodução "Na realidade não teve interferência do mar para ela está onde estava, teve interferência do vento. Como não tinha vento para voltar ela ficou à deriva, o vento levando ela. Porque na verdade a maré não estava puxando, pois ela já estava dentro do mar, então ela iria ficar à deriva até sair no Pecém", afirma capitão Rodrigo Carneiro. O bombeiros destacam sobre a importância dos velejadores sempre deixarem uma pessoa monitorando eles na faixa de areia, para acionar o socorro em caso de emergência. Segundo os bombeiros, a pessoa que acompanhava a velejadora foi quem acionou o resgate. Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto

Animal teve a mandíbula amarrada e ao menos três homens foram necessários para resgatá-lo. Família escuta barulho e encontra crocodilo de 3 metros em piscina nos Estados Unidos Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Charlotte Enquanto no Brasil os moradores já sentem o inverno chegando, os Estados Unidos se preparam para a chegada do verão. Na Flórida, as temperaturas máximas já chegam a 30º C. Talvez por isso, um crocodilo de cerca de 3 metros e 250 kg tenha resolvido se refrescar. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram Nesta semana, uma família de Deep Creek, na Flórida, acordou com barulhos. Ao levantar para checar o que era, deram de cara com o animal dentro de sua piscina, informou o Gabinete do Xerife do Condado de Charlotte nas redes sociais. Imagens compartilhadas pelo Gabinete do Xerife mostram o trabalho de resgate do crocodilo. Ele teve a mandíbula amarrada e ao menos três homens foram necessários para retirá-lo. À CNN, o sargento Brad Stender disse que o aparecimento desses animais não são incomuns, especialmente durante a época de acasalamento dos jacarés na primavera e no verão. LEIA TAMBÉM: ONÇA NA ESCOLA: 'Tremi igual uma vara verde', diz garoto que achou animal no banheiro da escola Stender disse que esta foi apenas uma das várias chamadas de resgate de jacaré que ele respondeu esta semana. "Eu me inscrevi para combater o crime, e aqui estou eu lutando contra os dinossauros", disse o oficial. No entanto, este de Deep Creek se destacou pelo seu tamanho. Crocodilo teve a mandíbula amarrada para poder ser resgatado Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Charlotte Ao menos três homens foram necessários para resgatar o crocodilo em piscina na Flórida Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Charlotte Família escuta barulho e encontra crocodilo de 3 metros em piscina nos Estados Unidos Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Charlotte

Interdições acontecem a partir das 8h no sentido José Menino/Ponta da Praia entre a Rua Alexandre Martins e o Aquário Municipal. Trecho será interditado a partir das 8h, mas atividades estão previstas para acontecer entre 10h e 13h Arquivo/PMS Santos, no litoral de São Paulo, realiza neste domingo (22) a Semana Municipal do Brincar, que garante às crianças diversas atividades gratuitas, com jogo, pintura em lona, ioga para crianças, oficinas, pintura facial, música entre outras atrações. Toda a programação está marcada para acontecer entre 10h e 13 na Avenida da Praia, que será bloqueada a partir das 8h no sentido José Menino/Ponta da Praia, entre a Rua Alexandre Martins e o Aquário Municipal. As atividades serão realizadas sob tendas instaladas na avenida. A Prefeitura de Santos informa, ainda, que a semana municipal tem como tema 'Confiar na Força do Brincar' e será realizada até dia 28 em diversos espaços da cidade, inclusive em praças públicas. A programação inspirada na Semana Mundial do Brincar, que acontece entre 21 a 29 de maio, é lei desde 2015 em Santos. A chefe de departamento pedagógico da Secretaria de Educação (Seduc), Fabiana Riveiro, uma das responsáveis pelo planejamento do evento, ressalta que a proposta da semana é unir famílias e amigos a brincar ao ar livre. “São sete dias para refletirmos sobre o ato de brincar, o que possibilita diversos aprendizados, envolvendo público de várias idades, ocupando diferentes territórios do Município”. Trânsito A circulação de veículos ficará proibida a partir das 8h nas avenidas Bartolomeu de Gusmão (sentido José Menino/Ponta da Praia) e Samuel Augusto Leão de Moura, entre as ruas Alexandre Martins e Carlos de Campos. Os motoristas deverão utilizar como rota alternativa a Avenida Epitácio Pessoa. Equipes da CET-Santos vão auxiliar os motoristas. VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos