G1


Instituições são administradas Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap). Museu Histórico de Sergipe, em São Cristóvão Divulgação/Secult/SE/Arquivo Até o dia 26 de fevereiro, museus administrados pela Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), do Governo de Sergipe, funcionam em horário especial em virtude do carnaval. Confira os horários: Museu Histórico de Sergipe (São Cristóvão) 18 a 22 (terça a sábado) - 9h às 16h 23 (domingo) - 9h às 13h 24 (segunda-feira) - fechado 25 e 26 (terça e quarta-feira) - 9h às 13h Museu de Arte Sacra (São Cristóvão) 18 a 22 (terça a sábado) - 9h às 16h 23 (domingo) - 9h às 13h 24 a 26 (segunda a quarta-feira) - fechado Museu Afro Brasileiro de Sergipe (Laranjeiras) 18 a 22 (terça a sábado) - 9h às 16h 23 (domingo) - 9h às 13h 24 (segunda-feira) - fechado 25 e 26 (terça e quarta-feira) - 9h às 13h Museu de Arte Sacra (Laranjeiras) 18 a 22 (terça a sábado) - 9h às 16h 23 (domingo) - 9h às 13h 24 (segunda-feira) - fechado 25 e 26 (terça e quarta-feira) - 9h às 13h Casa de Cultura João Ribeiro (Laranjeiras) 18 a 22 (terça a sábado) - 9h às 16h 23 (domingo) - 9h às 13h 24 (segunda-feira) - fechado 25 e 26 (terça e quarta-feira) - 9h às 13h

Carro em que estavam colidiu na traseira de uma carreta próximo a Nova Andradina, na terça. Três homens de Américo Brasiliense morrem em grave acidente na BR-376 em MS Arquivo pessoal Três homens de Américo Brasiliense (SP) morreram em um acidente envolvendo o carro em que estavam e uma carreta na Rodovia BR-376, que liga a cidade de Nova Andradina (MS) ao distrito de Vila Amandina, na noite de terça-feira (18). O acidente aconteceu depois que um caminhão parou na via e os outros veículos que seguiam diminuíram a velocidade. As vítimas estavam em um Ford Ka e o motorista não conseguiu frear a tempo, batendo na traseira de uma carreta. Três homens de Américo Brasiliense morrem em grave acidente na BR-376 em MS Nova News Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Américo Brasiliense, os homens foram identificados como Cauê Kennedy Faitanini, de 24 anos, Lucas da Silva Oliveira, de 25, e Rodrigo Inácio de Menjon, de 35. Os corpos deles devem chegar ao Velório Municipal de Américo Brasiliense nesta quarta-feira (19), após liberação do Instituto Médico Legal. Ainda não há previsão de horário para o enterro. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

País já registrou 85 mil notificações, mais de 4 mil confirmações e 16 mortes. Mosquito Aedes aegypti. Rodrigo Méxas e Raquel Portugal/Fundação Oswaldo Cruz/Divulgação O governo do Paraguai decretou situação de emergência sanitária por conta da dengue. O Congresso aprovou a medida, que abre possibilidade de contratação de mais agentes para combater a doença no país, que já registrou 85 mil notificações, mais de 4 mil confirmações e 16 mortes, a maioria próximo a capital Assunção. A região de fronteira com o Brasil em Mato Grosso do Sul preocupa as autoridades. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta está em Assunção para discutir o problema. Nesta quinta-feira (20) haverá um encontro em Pedro Juan Caballero, para tratar de medidas em conjunto que podem ser adotadas pelos dois países. Mato Grosso do Sul decretou na última quarta-feira (12) estado de alerta por causa da dengue após registrar desde o dia 1º de janeiro até 14 de fevereiro, 11 mortes e mais de 12 mil notificações. Conforme a Secretaria de Saúde do Estado (SES), 48 municípios estão com alta incidência da doença, o que significa 300 casos para cada 100 mil habitantes. Paraguai entra em emergência sanitária por conta da dengue

Heloísa de Andrade, de 6 anos, tem fibrose cística e depende de oxigênio por meio de aparelho ligado na tomada. Família tenta arrecadar os cerca de R$ 15 mil para comprar respirador portátil. Família faz campanha para compra de aparelho de oxigênio para criança de 6 anos Uma moradora de Suzano de apenas 6 anos luta contra uma doença degenerativa chamada fibrose cística e precisa de cilindros de oxigênio para respirar. A família busca ajuda para realizar o sonho de comprar um oxigênio portátil para melhorar a qualidade de vida da pequena Heloísa. A doença causa crises respiratórias e afeta o funcionamento de órgãos como pâncreas e intestino. Ao todo, ela toma 12 remédios. A maioria deles é fornecida pela Prefeitura de Suzano ou pelo governo do estado. Mas dois deles são medicamentos manipulados, preparados diretamente na farmácia. Como nem a Prefeitura e nem o governo se responsabilizam por esses medicamentos, a família acaba tendo que tirar do próprio bolso. A mãe Elisandra de Andrade conta que só nessas duas medicações saem do bolso cerca de R$ 300 fixos por mês, fora o suplemento alimentar que não é fornecido pelo governo. Por mês o gasto é de R$ 1,080. Inclusive eu não tenho nenhum agora, porque acabou a doação”, diz. Elisandra cuida da filha Heloísa que sofre de fibrose cística. Reprodução/TV Diário A pequena filha dorme com um aparelho chamado bipap, que é um suporte ventilatório. “Ela tem muitas crises. A gente chama de suporte não invasivo para poder fazer esse papel do pulmão quando ela para de respirar”, conta. A casa onde a Elisandra mora com a Helô e outros dois filhos é alugada. Nas paredes há mofo e infiltração. No teto, tem até uma goteira. Condições que agravam os problemas de saúde da filha. A casa em que eles moravam pegou fogo e agora Janaina Nogueira, que é amiga da família, se mobiliza para retirá-los do imóvel onde moram atualmente. “A gente sentiu muito pela situação que ela estava enfrentando, então a gente se aproximou devido essa situação. E começamos a lutar juntas pela qualidade de vida da mãe e principalmente da filha”, ressalta a amiga. Além dos remédios, a Prefeitura também ajudou com os dois cilindros de oxigênio que a pequena Helô precisava. Só que, além dos cilindros, ela depende de outro aparelho, o concentrador de oxigênio. A família até tem um em casa, mas, como o aparelho depende de energia elétrica, a criança não pode levá-lo para a rua. Para fazer tarefas simples do dia a dia, a família sonha com um concentrador portátil, que pode ser levado para qualquer lugar. “É um aparelho caro, mas ele é questão de leveza e a própria Heloísa pode usar nas costas. Ele novo sai em média R$ 15 mil. Pensamos em bingo, parceiros, empresas, pessoas físicas que venham ajudar na causa da Heloísa”, conta a amiga. A mãe diz que o objetivo é oferecer melhor qualidade de vida para a filha, a quem ela chama de guerreira. “A gente tem muita esperança que isso chegue no coração de alguém, para nos ajudar. A Helô é guerreira e luta a cada dia”, ressalta.

Poças dificultam a passagem dos veículos, que têm dificuldade de trafegar, inclusive, nas principais vias da capital potiguar. Kombi ficou presa em alagamento na Avenida Norton Chaves, em Natal Reprodução/Inter TV Cabugi A chuva que começou na manhã desta quarta-feira (19) e se intensificou no início da tarde provocou pontos de alagamento em Natal e deixou o trânsito lento em diferentes regiões da cidade. As poças dificultam a passagem dos veículos, que têm dificuldade de trafegar, inclusive, nas principais vias da capital potiguar. Na Avenida Prudente de Morais, por exemplo, uma grande lagoa se formou entre os cruzamentos com as avenidas Amintas Barros e Miguel Castro. Uma Kombi ficou presa no meio de um alagamento no final da Avenida Norton Chaves, na frente do Batalhão de Engenharia e Combate do Exército. Lagoa se formou na Avenida Prudente de Morais, Zona Sul de Natal Cedida Na BR-101 Sul, também há pontos alagados nos dois sentidos. Na altura do viaduto que dá acesso à Universidade Federal do Rio Grande do Norte os ônibus precisaram desviar o caminho subindo as ruas do bairro Candelária, para evitar a poça. Do outro lado, na altura do supermercado Carrefour, os automóveis também transitam com dificuldade, dado o acúmulo de água da chuva na pista. Na Avenida Engenheiro Roberto Freire, principal acesso às praias do Sul, há registro de pontos alagados em frente ao Praia Shopping e também à Universidade Potiguar. Na Via Costeira há alagamentos em diferentes trechos da avenida. Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal, tem pontos de alagamento Cedida
Segundo a polícia, vítimas se envolveram em uma briga com outros dois rapazes, quando foram baleadas. Nenhum suspeito foi preso. Duas pessoas ficaram feridas após serem baleadas, na manhã desta quarta-feira (19), no Jardim Nair Maria, em Salto (SP). De acordo com a Polícia Militar, as vítimas teriam discutido com dois homens que estavam pela Avenida Remigio Della Vechia. Após a discussão, eles voltaram ao local em um carro e efetuaram os disparos. Ainda segundo a polícia, as vítimas foram socorridas e conduzidas ao pronto atendimento local, onde passaram por atendimento médico e permanecem em observação. Os suspeitos ainda não foram encontrados e não se sabe o que motivou a briga. Veja mais notícias no G1 Sorocaba e Jundiaí

Na residência que fica no Sul da Ilha foram encontrados também ecstasy, cartelas de LSD e haxixe. Polícia descobriu estufa de skunk e laboratório de óleo de canabidiol em casa de Florianópolis. Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil descobriu uma estufa de skunk e um laboratório de fabricação de óleos de canabidiol ilegais dentro de uma casa em Açores, no Sul da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, na terça-feira (18). As investigações começaram com a informação que um suspeito estaria vendendo e fabricando grandes quantidades do óleo para que usuários usassem a droga em cigarros eletrônicos. O responsável pelo local foi preso em flagrante. A ação foi feita por policiais civis da Central de Investigações do Continente (CICON). Conforme a Polícia Civil, foram apreendidos equipamentos, apetrechos e produtos destinados à produção da maconha e do óleo de canabidiol, além de ecstasy, cartelas de LSD e haxixe. Veja mais notícias do estado no G1 SC

Se aprovados, devem ser gerados 1.380 postos de trabalho nos três primeiros anos de operação no Polo Industrial de Manaus (PIM). Polo Industrial de Manaus Reprodução TV Amazonas O Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) realiza nesta quinta-feira (20) a sua 290ª Reunião Ordinária, com a meta de avaliar 32 projetos industriais. O encontro ocorre às 10h, no auditório da Suframa. Nos projetos pautados estão 12 de implantação e 20 de atualização, diversificação e ampliação, com mais de US$ 188.7 milhões em investimentos e expectativa de faturamento na ordem de US$ 1.2 bilhão e de geração de 1.380 postos de trabalho nos três primeiros anos de operação no Polo Industrial de Manaus (PIM). A reunião será presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, e contará ainda com a presença do superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, como de parlamentares, empresários, dirigentes de órgãos públicos e representantes de entidades de classe, entre outros. Esta será a primeira reunião do CAS em 2020. Nos três encontros realizados em 2019, o Conselho contabilizou 144 projetos aprovados, com a expectativa de geração de aproximadamente 9.500 empregos e investimentos totais de US$ 1.1 bilhão, bem como a previsão de um faturamento de US$ 7 bilhões em até três anos, que é o prazo para que os projetos sejam instalados. Destaques A pauta da reunião desta quinta-feira tem como um de seus maiores destaques o projeto de diversificação da empresa Tec Toy, visando à fabricação de telefones celulares, com investimento total de aproximadamente R$ 79 milhões e expectativa de geração de 151 empregos. Outros destaques incluem o projeto de ampliação/diversificação da empresa Cal-Comp, voltado à produção de placas de circuito impresso montada (para uso em informática) e memórias RAM, com investimento total de cerca de R$ 86,7 milhões e expectativa de geração de 63 empregos, e o projeto de implantação da empresa Tutiplast (filial), visando à produção de assentos para motos e peças plásticas injetadas, com investimento total de aproximadamente R$ 24,8 milhões e expectativa de geração de 120 empregos. Ambas as iniciativas vêm reforçar o segmento componentista do PIM. Projetos que utilizam matéria-prima regional em seus processos produtivos também estão em evidência nesta pauta. São os casos das iniciativas de implantação da empresa Amazônia Polpas, visando à fabricação de polpas de frutas, concentrados para bebidas não-alcóolicas e geleias, doces, purês e pastas de frutas regionais, com investimento de aproximadamente R$ 6 milhões e expectativa de geração de 94 empregos, e da empresa WR Diniz, também para fabricação de polpas de frutas, com investimento total superior a R$ 2,2 milhões e expectativa de geração de 13 empregos.

Atriz vai estar em novela das 18h. Ela fez anúncio com fotos nas redes sociais nesta quarta-feira (19). Ela recebeu 'boa sorte' de Claudia Raia, Selton Mello, Carla Diaz e outros. Larissa Manoela anuncia chegada à Globo Globo/Sergio Zalis A atriz Larissa Manoela anunciou nesta quarta-feira (19) sua chegada à Globo. Ela vai fazer parte do elenco da novela das 18h que vai estrear após "Nos Tempos do Imperador". "Na tela da TV no meio desse povo a gente vai se ver na Globo", brincou a atriz de 19 anos em um post no Instagram com fotos nos Estúdios Globo. O post teve várias respostas de colegas. "Seja bem vinda a nossa casa! É uma delícia trabalhar nessa empresa", escreveu Claudia Raia. "Sempre juntos. Desejo coisas lindas em sua nova etapa de vida", escreveu Selton Mello. Carla Diaz, Eike Duarte e outros atores também desejaram boa sorte para Larissa Manoela no post. Initial plugin text Larissa Manoela Globo/Sergio Zalis

Regime de Assad tenta recuperar terreno no último grande reduto de rebeldes, fazendo centenas de milhares de pessoas fugirem, num movimento de proporções inéditas no país em guerra. Mulher e crianças que fugiram do sul da província de Idblib acampadas em Afrin Khalil Ashawi Dois meses após a retomada de sua ofensiva para recuperar o controle da região de Idlib, o regime sírio de Bashar al-Assad bombardeia de forma incessante o último grande reduto de jihadistas e rebeldes em seu país, o que causou o êxodo de quase um milhão de pessoas. A alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, a chilena Michelle Bachelet, disse nesta terça-feira (17) estar "horrorizada" com a violência no noroeste da Síria e exigiu "corredores humanitários" para facilitar a passagem de civis em segurança. Com os combates e ataques conduzidos pelo regime de Assad e seu aliado russo, cerca de 900 mil pessoas fugiram da região de Idlib e arredores desde 1º de dezembro, a grande maioria mulheres e crianças, informou a ONU na segunda-feira, reiterando seu apelo por um cessar-fogo. Esse êxodo é inédito desde o início da devastadora guerra na Síria em 2011, que já deixou mais de 380 mil mortos e milhões de deslocados. Caminhões com pertences de pessoas deslocadas em Sarmada, na província síria de Idlib Reuters/Khalil Ashawi Mapa mostra localização da região de Idlib G1 Os civis em fuga "estão traumatizados e são forçados a dormir ao ar livre com temperaturas congelantes, já que os campos (de refugiados) estão lotados", disse o vice-secretário-geral para Assuntos Humanitários da ONU, Mark Lowcock, em comunicado. "As mães queimam plástico para aquecer seus filhos. Bebês e crianças pequenas morrem de frio", lamentou. As famílias mais sortudas encontram um lugar nos acampamentos informais para deslocados, onde dezenas de milhares de pessoas tentam sobreviver em condições insalubres. As outras passam a noite em seu veículo ou montam uma barraca improvisada no meio dos acampamentos. Quase diariamente na província de Idlib e arredores, as estradas são invadidas por caminhões e carros carregados com os pertences daqueles que fogem para a fronteira com a Turquia, disseram correspondentes da AFP. Imagens de satélite Mostrama diferença de ocupação em fevereiro de 2019 (imagem de cima) e fevereiro de 2020 (imagem de baixo) em Deir Hassan, perto da fronteira da Síria com a Turquia. O local recebeu muita novas tendas de pessoas que fogem do conflito na província de Idlib Maxar Technologies via AP Escolas e hospitais bombardeados "A violência no noroeste da Síria é cega", disse Lowcock. "Instalações de saúde, escolas, áreas residenciais, mesquitas e mercados estão sob ataque", acrescentou. Mas o regime não parece disposto a interromper sua ofensiva, apesar dos pedidos de cessar-fogo, depois que suas forças, ajudadas pela Rússia, Irã e Hezbollah libanês, recuperaram o controle de 70% do território sírio Assad alertou na segunda-feira que continuará a ofensiva. "A batalha pela libertação das províncias de Aleppo e Idlib continua", disse ele. Mais de 900 mil pessoas fogem de Aleppo, na Síria, após Exército retomar a província Os jihadistas do grupo Hayat Tahrir al-Sham (HTS, antiga facção síria da Al-Qaeda) dominam mais da metade de Idlib, bem como áreas nas províncias de Aleppo, Hama e Lataquia, onde outras facções jihadistas também operam, além de grupos rebeldes. Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), mais de 380 civis morreram desde meados de dezembro na ofensiva. As forças do governo estão atualmente concentrando suas operações no oeste de Aleppo, informou o OSDH, relatando ataques aéreos russos nesta terça no oeste dessa província e em setores de Idlib. As forças do regime tentam avançar "na direção da montanha Sheikh Barakat", que domina vastas regiões no oeste de Aleppo e norte de Idlib, perto da fronteira com a Turquia, segundo o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman. Soldados do regime de Assad fazem sinal da vitória na vizinhança de Rashideen, em Aleppo, no domingo (16). O governo de Assad diz que tem reconquistado territórios antes dominados por rebeldes em "tempo recorde" AP/Sana Rahman ressalta que, se o regime tomar Sheikh Barakat, "os campos de deslocados que abrigam dezenas de milhares de pessoas poderão ficar ao alcance de sua artilharia". No domingo, as forças do governo, com o apoio da força aérea russa, reconquistaram localidades próximas à cidade de Aleppo, repelindo os ataques de jihadistas e rebeldes, que dispararam foguetes.
Prazo de entrega da declaração do IR, porém, só começa em 2 de março e se estende até 30 de abril. Fisco espera receber cerca de 32 milhões de declarações neste ano. A Secretaria da Receita Federal libera nesta quinta-feira (20) a partir das 8h, para os contribuintes, o "download" do programa gerador do Imposto de Renda 2020, referente ao ano-base 2019. Já o prazo para os empregadores entregarem aos seus funcionários o comprovante de rendimentos do ano passado, documento necessário para a declaração do Imposto de Renda, termina em 28 de fevereiro. O comprovante deverá trazer as informações sobre o total dos rendimentos obtidos pelo trabalhador em 2019 e o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) no período. A temporada de entrega das declarações, porém, começa somente depois do carnaval, em 2 de março, e se estende até 30 de abril. Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. A Receita Federal espera receber cerca de 32 milhões de declarações dentro do prazo legal, neste ano. A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo será correspondente a 20% do imposto devido. Neste ano, é as restituições serão pagas em cinco lotes, e não mais em sete, e o primeiro lote do IR será liberado em maio. Os outro quatro lotes de restituição serão pagos em junho, julho, agosto e, o último, em setembro. Quem deve declarar? Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado. Também deve declarar: Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; Quem teve, em 2019, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2019; Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda. Quem optar pelo declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com edudação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

Por volta das 15h30, chovia forte Zonas Leste e Sudeste, assim como na Marginal Pinheiros. Chuva deixa as Zonas Sul e Leste de São Paulo em estado de atenção. Rodrigo Rodrigues/G1 Uma forte chuva atinge a cidade de São Paulo na tarde desta quarta-feira (19). Por volta das 15h30, as Zonas Sul e Leste, assim como a Marginal Pinheiros entraram em estado de atenção para alagamentos, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Ainda segundo o CGE, o temporal se deve a áreas de instabilidade formadas pelo calor e entrada de umidade. A previsão é a de que chuvas fortes e isoladas continuem nas próximas horas.

Ivana Battaglin, especializada no combate de violência doméstica e familiar contra a mulher, participou do programa Jornal do Almoço, da RBS TV, nesta quarta-feira (19). Homem foi banido de plataforma de transporte e nega ter assediado a jovem, que gravou vídeo da corrida. Promotora de Justiça esclarece duvidas sobre casos de assédios Em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV, nesta quarta-feira (19), a promotora de Justiça Ivana Battaglin disse que a conduta do motorista de aplicativo que foi banido após supostamente assediar uma adolescente "é desprezível". O caso aconteceu no domingo (16), em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A jovem, que tem 17 anos, gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais. [Veja as imagens abaixo]. "Depois do 'não', tudo é assédio. A gente está falando de uma adolescente. Ela deve ser respeitada como mulher, pelo seu gênero, e como adolescente, pela sua idade", disse a promotora especializada no combate de violência doméstica e familiar contra a mulher. A Polícia Civil abriu investigação contra André Lopes Machado, de 43 anos, e a delegada responsável pelo caso, Marina Dillenburg, diz não ter todas as provas para finalizar o inquérito policial, mas afirmou que André deve ser responsabilizado por perturbação da tranquilidade, e não por assédio. "Se conseguirmos tipificar a conduta dele com outras vítimas e coisas mais graves, ele vai ser indiciado", explicou a delegada. A delegada diz que o motorista nega ter cometido assédio. Caso seja responsabilizado, a pena aplicada por perturbação da tranquilidade seria de 15 dias a 3 meses. "A perturbação da tranquilidade, que é uma mera contravenção, tem uma pena que não é adequada para toda essa indignação", explica Ivana. Para a promotora, colocar esse assunto em discussão incentiva as vítimas de abusos a denunciarem. "Evitar esse tipo de conduta é denunciando, se unindo e não criticando aquela que usa o shortinho", disse. Em entrevista a jornalistas após depoimento na polícia, o motorista justificou a conduta dizendo que a adolescente "estava com um short do 'tipo Anitta', uma miniblusa, com as pernas abertas no banco, me chamando atenção". "Eu sou promotora de Justiça há 22 anos, e há 22 anos eu escuto os réus, os agressores, os acusados dizerem esse tipo de coisa. E as vítimas se sentirem humilhadas, envergonhadas. Mas o que eu tenho que dizer pra essas vítimas é que elas não percam a coragem, que elas não sintam vergonha e denunciem", afirmou a promotora. Ivana acredita que a cultura do estupro naturaliza a ação de assediadores, colocando as vítimas no papel de culpadas. "Isso é um fruto de uma sociedade machista que justifica uma conduta. Nós chamamos isso de cultura do estupro, onde se naturaliza as condutas agressivas dos estupradores, dos abusadores ou assediadores. E se culpa as vítimas por terem sido abusadas, estupradas ou assediadas. A cultura de estupro é isso, é naturalizar a conduta do assédio, dos assediadores e dos estupradores e culpar a vítima". Apesar desse caso específico ter um vídeo que mostre o momento em que a jovem se sentiu assediada, a palavra da vítima já é suficiente para oficializar um denúncia. "A palavra da vítima prepondera sobre a palavra do agressor. Os agressores não praticam isso na frente de todo mundo. Essa espécie de crime, os crimes contra a liberdade, contra a dignidade sexual, são praticados sempre às ocultas e as vítimas tem muita vergonha de terem sido vítimas, justamente porque são criticadas. Justamente porque depois os agressores vão para frente das câmeras, vão pra frente de outras pessoas, dizer que a culpa foi delas. Mas a culpa nunca é da vítima", conclui. Promotora Ivana Battaglin Reprodução/RBS TV Veja o vídeo publicado pela jovem: Motorista de aplicativo é banido após jovem gravar suposto assédio em corrida em Viamão Confira nota da Uber na íntegra A Uber considera inaceitável e repudia qualquer ato de violência contra mulheres. A empresa acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos dessa natureza às autoridades competentes. A conta do motorista parceiro foi banida assim que a denúncia foi feita. A empresa defende que as mulheres têm o direito de ir e vir da maneira que quiserem e têm o direito de fazer isso em um ambiente seguro. Todas as viagens com a plataforma são registradas por GPS. Isso permite que em caso de incidentes nossa equipe especializada possa dar o suporte necessário, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seus históricos e qual o trajeto realizado. Como parte do processo de cadastramento para utilizar o aplicativo da Uber, todos os motoristas passam por uma checagem de antecedentes criminais realizada por empresa especializada que, a partir dos documentos fornecidos pelo próprio motorista e com consentimento deste, consulta informações de diversos bancos de dados oficiais e públicos de todo o País em busca de apontamentos criminais, na forma da lei. A Uber também realiza rechecagens periódicas dos motoristas já aprovados pelo menos uma vez a cada 12 meses. Desde 2018 a Uber tem um compromisso público para enfrentamento à violência contra a mulher no Brasil, materializado no investimento em projetos elaborados em parceria com entidades que são referência no assunto, que inclui campanhas contra o assédio e podcast para motoristas parceiros sobre violência contra a mulher, entre outras ações. Em novembro, a Uber anunciou um investimento de R$ 5 milhões para continuidade desse compromisso ao longo dos próximos anos.
PRF informou que após a batida o homem teria ficado cerca de 15 minutos em um comércio, mas não chamou equipes de resgate. Vítima não resistiu e morreu no local do acidente. O motorista de caminhão que atropelou um motociclista no perímetro urbano de Paraíso do Tocantins foi preso nesta terça-feira (18) momentos após o acidente. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o homem tinha saído do local do acidente sem prestar socorro à vítima. O motociclista não resistiu aos graves ferimentos e morreu no local. O acidente aconteceu por volta das 18h50 no km 496. Após a colisão, o motorista do caminhão continuou trafegando e foi até um mercado da região. Segundo a PRF, ele permaneceu no estabelecimento por cerca de 15 minutos e depois continuou viagem. Vendo que o homem não prestaria socorro, testemunhas chamaram a Polícia Militar (PM) e o caminhão foi abordado. Ao ser detido, o caminhoneiro contou aos policiais que achou melhor continuar viagem, mas que iria ligar pedindo ajuda. Sobre o momento do acidente, o motorista informou que a motocicleta invadiu a faixa que ele trafegava e que ainda tentou evitar a batida. Disse que jogou o veículo para fora da pista, mas a moto bateu no semirreboque. O motorista foi submetido ao teste do bafômetro, mas o exame apontou negativo para a ingestão de bebida alcoólica. O G1 questionou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para saber se o homem foi liberado da delegacia ou encaminhado a um presídio, mas até a publicação desta reportagem não recebeu resposta. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Assista aos vídeos do telejornal com notícias do estado. Assista aos vídeos do telejornal com notícias do estado.

Partida, válida pela Copa do Brasil, ocorre às 21h30 desta quarta-feira (19), no Estádio dos Aflitos, na Zona Norte do Recife. Estádio Eládio de Barros Carvalho fica no bairro dos Aflitos, na Zona Norte do Recife Aldo carneiro/Pernambuco Press Esquemas de trânsito e policiamento foram montados para o jogo entre Náutico e Botafogo, que ocorre às 21h30 desta quarta-feira (19), no Estádio Eládio de Barros Carvalho, nos Aflitos, Zona Norte do Recife. A partida vale uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) elaborou um esquema especial. A operação começa às 19h, no entorno do Estádio dos Aflitos. A Central de Operações de Trânsito estará de plantão por 24 horas, monitorando o fluxo de veículos nos principais corredores viários da cidade. Uma equipe com 19 agentes de trânsito deve monitorar as imediações do estádio até a dispersão total do público, prevista para acontecer por volta da 1h de quinta (20). As ruas da Angustura e Manuel de Carvalho ficarão interditadas para a circulação de veículos e apenas moradores terão acesso ao local pela Rua Padre Silvino Guedes. Dependendo da movimentação dos torcedores, a Avenida Conselheiro Rosa e Silva será interditada no trecho entre a Rua Conselheiro Portela até Avenida Santos Dumont e, neste caso, o fluxo de veículos da Avenida Rosa e Silva será desviado pela Rua Senador Alberto Paiva. A CTTU aconselha o torcedor a chegar cedo ao estádio e observar a sinalização que proíbe estacionamento. O veículo flagrado sobre calçadas ou em fila dupla corre o risco de ser rebocado. O motorista pode receber multas entre leve, média e grave, no valor de R$ 88,38 (três pontos na CNH), R$ 130,16 (quatro pontos na CNH) ou 195,23 (cinco pontos na CNH). Segurança Para reforçar a segurança nas proximidades do estádio dos Aflitos, a Polícia Militar montou um esquema de segurança com um total de 289 homens. Na área externa do Estádio, atuarão 90 policiais do Batalhão de Choque. A área externa e as principais vias de acesso ao local do jogo devem contar com 199 policiais militares, sob comando do 13º Batalhão de Polícia. Equipes de patrulhamento estão mobilizadas para auxiliar o torcedor nas estações de metrô e terminais integrados. De acordo com a PM, toda a operação será monitorada por câmeras de segurança no Centro Integrado de Controle e Comando Regional.

Segundo a PM, ela recebeu socos, chutes, mordidas e foi enforcada na frente da filha do casal. Faca que foi utilizada para ameaçar vítima de agressão em Cosmópolis, segundo a Polícia Militar Divulgação/ Polícia Militar Uma mulher foi agredida até desmaiar e seu companheiro foi preso pelo crime, na madrugada desta quarta-feira (19), em Cosmópolis (SP). De acordo com a Polícia Militar, ela recebeu socos, chutes, mordidas e foi enforcada na frente da filha do casal. O suspeito, um vendedor de 22 anos, foi prelo pela Polícia Militar. O caso ocorreu por volta das 5h30, na Rua Santo Rizzo, no Jardim Bela Spana. O Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) foi comunicado de que um homem estaria agredindo sua esposa e uma equipe foi até o local. A vítima, que apresentava varias lesões no rosto, detalhou as agressões e disse que só acordou do desmaio porque continuou sendo agredida. Também contou que tudo ocorreu no quarto e na presença da filha do casal No cômodo, foi encontrado embaixo do travesseiro uma faca que o indiciado teria usado para ameaçar a mulher. Ela foi levada para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Cosmópolis, onde ficou em observação e passaria por exames de imagens para constatar se teria sofrido fratura de crânio. Na tarde, desta quinta-feira, a unidade informou ao G1 que ela já tinha recebido alta médica. O suspeito foi preso e levado à delegacia da cidade, onde permaneceu à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba

Emenda à Constituição do estado altera idade mínima e tempo de contribuição. Alíquota de contribuição dos servidores também terá reajuste e passa para 14%. Deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) durante votação da Reforma da Previdência Sérgio Galdino/Alesp Os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovaram, em primeiro turno, na terça-feira (18), a Reforma da Previdência para os servidores do estado de São Paulo. O texto, que promove uma emenda na Constituição do estado, ainda será levado à segunda votação para que possa ser promulgado pela Casa e entrar em vigor. Veja as principais mudanças propostas: Exigência do tempo mínimo de contribuição de 25 anos no caso de aposentadoria voluntária Aumento da alíquota de contribuição de 11% para 14% Idade mínima para as aposentadorias comuns: 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens Professores, policiais civis, agentes de vigilância e de escolta penitenciários, e servidores que tenham condições especiais ou com deficiência terão regras diferenciadas. Deputados estaduais de SP aprovam aprovam Reforma da Previdência em 1º votação As mudanças entrarão em vigor 90 dias após a aprovação do projeto pela Assembleia Legislativa em segunda votação e sua publicação. Os que já cumpriram os requisitos para se aposentar não serão atingidos pela reforma. Com a medida, o governo espera conseguir uma economia de R$ 32 bilhões aos cofres públicos em 10 anos. A primeira votação da reforma ocorreu após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro José Dias Toffoli, derrubar uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo que suspendia a tramitação da reforma. A reforma foi aprovada com 57 votos, o mínimo exigido. Outros 31 deputados votaram contra. Em 2018, dos R$ 34,3 bilhões gastos com 550 mil aposentados e pensionistas do estado de São Paulo, R$ 29,5 bilhões vieram do governo (86% do total). Principais mudanças Aposentadoria voluntária Como é: exige, pelo menos, 55 anos de idade para mulher e 60 anos de idade para homem, além de tempo de contribuição. Também é exigido, no mínimo, 10 anos de efetivo exercício no serviço público e 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria. Como fica: Há alteração na idade mínima para aposentadoria, que passa a ser de 62 anos de idade para mulheres e 65 para homens, além da exigência de tempo mínimo de contribuição de 25 anos. Alíquota de contribuição dos servidores Como é: 11% Como fica: 14% Também haverá alíquotas progressivas, extraordinárias (em caso de insuficiência de caixa, será possível cobrar a mais dos servidores) e uma cobrança diferenciada e superior para servidores que recebem remuneração acima do teto do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), que é hoje de R$ 6.101,06. Professores Como é: professores precisam ter 10 anos de contribuição no serviço público e 5 no cargo, sendo a idade mínima de 50 anos para mulheres e 55 para homens. Como fica: a idade mínima passa para 60 anos homens e 57 anos para mulheres. Também serão requeridos 25 anos de magistério, além de 10 de serviço público e 5 no cargo em que se der a aposentadoria. Regras de transição Atuais servidores, que ainda não possuem direito à aposentadoria, terão que se adaptar a regras de transição. 1- Caso desejem se aposentar antes do prazo das novas regras, devem pagar um pedágio de 100% sobre o tempo de contribuição restante para alcançar 35 anos de contribuição para os homens e 30 para as mulheres. 2- Idade mínima de 61 anos para os homens e 56 para as mulheres para aposentadoria (a idade requerida vai aumentando gradualmente até alcançar a marca exigida na reforma: 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. 3- Uso facultativo da regra 96/86, respectivamente, para homem e mulher, que considera a soma da idade com o tempo de contribuição para a aplicação de uma alíquota sobre o salário. Também haverá regras de transição diferenciadas para professores que já estão no sistema do estado, que inciam quando se completa 56 anos de idade, se homem, e 51 anos, se mulher.. Policiais civis, agente de segurança e de escolta penitenciária Como é: não há idade mínima para aposentadoria. É preciso ter 30 de contribuição e 20 anos no cargo de policial Como fica: passa a ser exigida idade mínima de 55 anos para ambos os sexos, além de 25 anos de contribuição para mulher e 30, para homem. Poderão se aposentar com 52 anos de idade, se mulher, e 53, se homem, caso haja pagamento de pedágio em relação ao tempo que faltaria para se aposentar no momento em que a emenda entrar em vigor. benefício passará a ser baseado em sistema de cotas, com previsão de valor inicial de pensão diferenciado conforme o número de dependentes. Haverá desvinculação do valor ao salário-mínimo, entre outras alterações. Policiais militares Atualmente, policiais militares precisam de 30 anos de contribuição para aposentadoria integral. O estado vai seguir para a categoria as regras que serão feitas por um projeto de lei complementar que ainda tramita no Congresso Federal e preverá a questão para os estados. Servidor submetido à exposição de agentes químicos Como fica: será necessário provar 25 anos de exposição efetiva ao agente químico e mais 20 de efetivo serviço público. Pensão por morte Como é: seguia o padrão da Constituição Federal, em que havia o rateio de quanto o servidor teria direito a se aposentar (em alguns casos integral) entre os considerados dependentes conforme a lei, com suspensão da pensão ao atingir idade de 18 anos e conforme critério etário do dependente casado ou em união estável. Como fica: a alteração ocorre para se adequar à reforma da Previdência federal, ocorrida em 2018. Agora, o benefício passará a ser baseado em sistema de cotas, com valor diferenciado conforme o número de dependentes. A pensão começa com 50% do benefício + 10% por dependente (até o máximo de 100%), tendo como base a aposentadoria recebida pelo servidor. Exceção: pensões deixadas por policiais civis e agentes penitenciários, por morte ocorrida no trabalho, casos em que a pensão será equivalente a 100% da remuneração do cargo.
Lindolfo Alves Neto prestou nesta terça (19) depoimento à CPI das Fake News. Conteúdo das mensagens e destinatários que receberiam foram informados pelas campanhas, afirmou. O sócio-proprietário da Yacows, empresa de marketing digital citada no caso de disparos de mensagens em massa na campanha eleitoral de 2018, Lindolfo Antônio Alves Neto, afirmou nesta quarta-feira (19) que prestou serviços para as campanhas do presidente Jair Bolsonaro (na época no PSL, hoje sem partido), de Fernando Haddad (PT) e Henrique Meirelles (MDB). A declaração foi feita durante depoimento à CPI das Fake News, que investiga a disseminação de informações falsas na internet. Alves Neto afirmou que o pacote contratado pela campanha de Bolsonaro permitia 20 mil disparos de mensagens, mas que elas foram enviadas para 900 destinatários. Segundo Alves Neto, a campanha de Haddad também foi beneficiada "indiretamente". "Fernando Haddad é um caso específico, porque uma agência, que eu acredito que faça campanha para ele, já utilizava a plataforma e utilizou a nossa ferramenta - logo, diretamente não foi feito [disparo em massa para a campanha], indiretamente sim", afirmou. O empresário afirmou que a Yacows não faz campanha eleitoral e não trabalhou na construção do conteúdo a ser disparado. Segundo Alves Neto, tanto o conteúdo das mensagens quanto os destinatários que as receberiam foram disponibilizados pelas campanhas dos candidatos. Juramento O sócio-proprietário da Yacows se recusou a fazer o juramento sobre dizer a verdade. O entendimento de sua defesa foi o de que ele é também investigado pela CPI, o que não o obriga a dizer a verdade, dado que todo cidadão tem o direito de não produzir prova contra si mesmo. O presidente da comissão, senador Angelo Coronel, tentou demovê-lo desta ideia afirmando que Alves Neto poderia permanecer calado sobre os assuntos que julgasse atentarem contra sua defesa, mas a posição foi mantida. "Por orientação deste advogado, o depoente não prestará o compromisso de dizer a verdade", disse sua defesa, que acompanhou o depoimento. O temor acontece após depoimento de Hans River do Nascimento, ex-funcionário da Yacows. Ele está sendo acusado de mentir na CPI das Fake News por ter dito que a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S. Paulo, "se insinuou" para ele a fim de obter informações para a reportagem que revelou o esquema de disparo em massa de mensagens por Whatsapp na campanha presidencial. Hans havia jurado dizer a verdade e agora é alvo de representação da relatora da CPI, deputada Lídice da Mata (PSB-BA). Comissões Parlamentares de Inquérito têm poderes de investigação próprios das autoridades judiciais e podem tomar medidas legais em caso de quebra de juramento.

Vítima foi atingida com disparos de arma de fogo dentro da casa que morava com a família em Pacajus. Jovem foi morto a tiros na frente de familiares em Pacajus, na Grande Fortaleza. Ricardo Mota/SVM Um jovem de 23 anos foi perseguido e morto dentro da casa onde morava com a família na Avenida Cônego Eduardo Araripe, em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, por volta das 11h desta quarta-feira (19). Familiares presenciaram o crime. De acordo com a polícia, Leonardo Carneiro Rodrigues da Costa foi assassinado por dois homens armados que o perseguiram e invadiram a residência dele. Segundo uma irmã da vítima, que preferiu não se identificar e que presenciou o crime, Leonardo vivia em união estável e trabalhava como pedreiro. A polícia acredita que o crime foi motivado por causa de dívidas de droga.
Prazo de entrega do IR 2020 começa em 2 de março e se estende até 30 de abril. Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. A Secretaria da Receita Federal divulgou nesta quarta-feira (19) as regras do Imposto de Renda 2020, ano-base 2019, e também informou os limites para as deduções que podem ser feitas pelos contribuintes. O prazo para a entrega das declarações começa em 2 de março e termina em 30 de abril. A expectativa é que cerca de 32 milhões de contribuintes enviem suas declarações neste ano. O Fisco lembra que os contribuintes podem optar por dois modelos na entrega do documento: o simplificado ou o completo. Declaração simplificada A regra para fazer a declaração simplificada continua a mesma. Quem optar por ela, terá um desconto "padrão" de 20% na renda tributável. Este abatimento substitui todas as deduções legais da declaração completa, entre elas aquelas de gastos com educação e saúde. No IR de 2020, esse desconto de 20% está limitado a R$ 16.754,34 – mesmo valor do ano passado. Declaração completa Quem teve gastos altos em 2019 com dependentes e saúde, por exemplo, pode optar por fazer a declaração completa do Imposto de Renda, pois esses gastos são dedutíveis. Veja os limites: Dependentes: o valor máximo é de R$ 2.275,08 por dependente, o mesmo do ano passado. Educação: nas despesas com educação (ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior, o que engloba graduação e pós-graduação), o limite de dedução permaneceu em R$ 3.561,50 por dependente. Despesas Médicas: as deduções continuam sem limite, ou seja, o contribuinte pode declarar todo o valor gasto e deduzí-lo do Imposto de Renda. Entre as despesas incluídas aqui estão pagamentos a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, além de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias. A dedução de gastos dos patrões com a previdência de empregados domésticos não será mais permitida. O benefício levou a uma renúncia fiscal de cerca de R$ 674 milhões em 2019 e não foi prorrogado. Com seu fim, a estimativa do Ministério da Economia é a de elevar a arrecadação em aproximadamente R$ 700 milhões.
Segundo Polícia Militar, vítima era usuária de drogas e teve desentendimento com menor traficante. Uma mulher foi morta por um adolescente de 14 anos no início da madrugada desta quarta-feira (19) em Ijaci (MG). Segundo a Polícia Militar, a mulher era usuária de drogas e teria se desentendido com um menor, apontado pela polícia como traficante. Ainda conforme a polícia, o corpo de Kátia Aparecida Urbano de Souza, de 27 anos, foi encontrado em uma casa abandonada, que é utilizada para consumo de drogas. De acordo com a polícia, o menor que cometeu a agressão também teria golpeado a cabeça da vítima com uma pedra. O adolescente foi apreendido e confessou o crime. Na casa dele foram encontradas roupas com marcas de sangue, que provavelmente seriam da vítima. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas

Seap informou que Gerson Silva Cabral Ferreira e Leonardo Santos de Sousa fugiram da Central de Triagem Masculina do município na última segunda-feira, 17. marabá, presídio, fuga, pará, susipe Reprodução / TV Liberal Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Pará informou que dois detentos fugiram da Central de Triagem Masculina de Marabá (CTMM), na última segunda-feira (17), no sudeste do Pará. De acordo com a Seap, as polícias Civil e Militar realizam buscas pela área para tentar encontrar e recapturar os internos que estão foragidos. Quem tiver qualquer informação sobre os foragidos Gerson Silva Cabral Ferreira e Leonardo Santos de Sousa pode fazer uma denúncia anônima pelo 181.

Governo prometeu também novos equipamentos de inteligência. Fronteiras devem ter atenção especial. PF e governo do Acre assinam termo de cooperação para o combate ao crime organizado Aline Vieira/Rede Amazônica A Polícia Federal no Acre assinou um termo de cooperação com o governo do estado na manhã desta quarta-feira (19), no qual formam uma Força Integrada de combate ao crime organizado no estado e ações fronteiriças e, através da aproximação entre as polícias, agilizar a solução de crimes. O grupo especial vai funcionar dentro da superintendência da PF em Rio Branco e vai reunir policias da força de segurança do estado e também da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Superintendente da PF, Diana Calanzas Mann, disse que vai ser criado um ambiente investigativo com representantes de todos os órgãos de investigação para que o resultado das ações seja mais eficientes. “Vai funcionar aqui no âmbito da PF. Nós vamos entrar com a estrutura, com os recursos materiais e cada um dos órgãos vai entrar com um ou dois policiais para integrar essa equipe de investigação. Vai ser uma grande equipe de investigação. O foco é o crime organizado”, disse. Novos equipamentos O governador Gladson Cameli disse que a assinatura do termo mostra que o estado está tentando combater o crime organizado e que novos equipamentos de inteligência vão auxiliar nas investigações. “É uma das provas que nós não estamos de braços cruzados. Já é um efeito de uma das minhas idas a Brasília com o governo federal e o Ministro Moro, essa parceria entre as instituições”, disse. A superintendente Diana acrescentou ainda que as ações devem apresentar resultados a médio e longo prazo. “Estamos falando de repressão, que passa por uma investigação detalhada, que tentam realmente chegar aos líderes, são um pouco mais demoradas. A gente tem aí, no mínimo, um ano para conseguir concluir uma investigação qualificada”, pontua Diana. Fronteira O secretário Paulo César Santos informou que as fronteiras também vão ter um olhar especial por causa da facilidade de entrada de droga no estado. “Tendo em vista que o grande objetivo da presença dessas organizações em território acreano se dá em partes devido à facilitação logística de fornecimento de entorpecente para outros locais do país. Então, a fronteira tem um olhar especial e a grande força de execução de operações agregada a toda essa força tarefa se dá exatamente o Gefron”, informou o secretário. A Polícia Rodoviária Federal vai colaborar com alguns agentes na atividade de inteligência, conforme informou o superintendente da PRF, Getúlio Azevedo. Colaborou Aline Vieira da Rede Amazônica Acre.
Ele foi socorrido e encaminhado para a UPA de Divinópolis; os bombeiros não localizaram o réptil. Um jovem de 29 anos foi picado por uma cobra cascavel, nesta quarta-feira (19), em Oliveira. O Corpo de Bombeiros disse que a vítima capinava um lote na Rua Coronel João Alves, no Centro, quando foi picado na perna. O animal não foi capturado. Ele foi socorrido, levado para o hospital da cidade e em seguida transferido para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Divinópolis. A transferência do paciente foi necessária para que ele receba a medicação apropriada, no caso, o soro antiofídico. Ainda segundo os bombeiros, os militares retornaram ao lote para fazer a capturar a cobra, mas por causa dos entulhos e o tamanho da área de mais de 600 m², o réptil não foi encontrado.

O Corpo de Bombeiros enviou uma equipe de busca e salvamento com mergulhadores para realizar buscas aquáticas no local do acidente. Populares retiraram a moto da vítima que caiu em um rio em Boa Viagem, no Ceará. Reprodução O Corpo de Bombeiros do Ceará faz buscas para encontrar um jovem de 18 anos que caiu de moto em um rio do município de Boa Viagem, no interior do Ceará, na manhã desta quarta-feira (19). O jovem trafegava em uma passagem molhada com a moto no momento do acidente. De acordo com os bombeiros, Chagas Neto foi arrastado pela correnteza após perder o controle da moto, se desequilibrar e cair no rio. O Corpo de Bombeiros enviou uma equipe de busca e salvamento com mergulhadores para realizar buscas aquáticas no local do acidente. Até o momento, a vítima não foi encontrada.

A vítima contou aos policiais que o homem arrancou um anel de ouro do dedo dela, pegou o celular e fugiu do local. Bilhete usado para assaltar vítima em MT Arquivo Pessoal Uma jovem procurou a Polícia Civil após ser abordada por um homem na empresa em que trabalha, que lhe entregou um bilhete anunciando um assalto, nessa terça-feira (18), em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. No bilhete, o homem dizia para ela agir normalmente e a ameaçava afirmando que qualquer reação brusca por parte da vítima poderia fazer com que ele agisse com violência. Na delegacia, a jovem de 19 anos entregou o bilhete usado pelo criminoso aos policiais, que tentam identificá-lo por meio das câmeras de segurança da empresa. “Fica de boa. Quero o celular, dinheiro e joias”, diz trecho do bilhete. A vítima contou aos policiais que o homem arrancou um anel de ouro do dedo dela, pegou o celular e fugiu do local. Ainda segundo ela relatou aos policiais, o homem ficou o tempo todo com a mão embaixo da blusa, fazendo parecer que estaria armado. A Polícia Civil investiga o caso. Veja essa e outras notícias no G1 Mato Grosso.

Tribunal negou os recursos impetrados pela defesa de Rosinha em ação ajuizada na época da eleição de 2012, quando Rosinha era prefeita de Campos e buscava reeleição. Rosinha Garotinho foi governadora do Rio e prefeita de Campos Amaro Mota/G1 O Ministério Público Eleitoral (MPE) anunciou nesta quarta-feira (19) que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a inelegibilidade de Rosinha Garotinho, ex-governadora do Rio. O TSE negou os recursos impetrados pela defesa de Rosinha em uma ação por abuso de poder político ajuizada na época da eleição de 2012, quando Rosinha era prefeita de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, e buscava a reeleição. Segundo o MPE, a então prefeita mandou pintar os sinais de trânsito de Campos com a cor rosa, a fim de promover a campanha à reeleição. O MPE afirma ainda que no mesmo período, o município incluiu fotos de creches, escolas e casas populares no contracheque dos servidores. A denúncia do MPE diz que também houve uso indevido dos meios de comunicação e da máquina pública. A decisão foi confirmada na sexta (14) pelo TSE, e com isso, a ex-governadora está inelegível para a eleição deste ano. Por lei, o processo começa no primeiro dia da eleição em que o crime ocorreu, e como o primeiro turno de 2012 foi em 7 de outubro, Rosinha está fora da disputa deste ano, marcada para 4 de outubro. A defesa da ex-governadora informou que respeita a decisão do TSE, mas acredita na modificação dela e vai recorrer. Veja outras notícias da região no G1 Norte Fluminense.

Pontes estava internado desde domingo (16), quando foi submetido a um procedimento nos dois ouvidos. Segundo a assessoria do hospital, ministro se recupera bem. O ministro Marcos Pontes entre os médicos Luiz Carlos e Gustavo Ribeiro de Oliveira, em Ribeirão Preto, SP Divulgação/Assessoria de imprensa O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, recebeu alta de um hospital particular, nesta quarta-feira (19), em Ribeirão Preto (SP). Pontes estava internado desde domingo (16), quando passou por uma cirurgia no ouvido. Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital da Unimed, o ministro passa bem. “A recuperação segue sem problemas, permitindo que eu continue com minhas atividades administrativas. Em breve estarei 100% recuperado e sairei do 'hangar' pronto para decolar”, informou o ministro, em nota divulgada nesta quarta-feira. De acordo com o médico Luiz Carlos Alves de Sousa, otorrinolaringologista especialista em reabilitação da audição e responsável pelo procedimento, o ministro tinha estenose, um estreitamento no canal auditivo externo dos dois ouvidos. O problema causava perda de audição de condução, que comprometia as habilidades comunicativas e a qualidade de vida do paciente. Souza citou que a cirurgia foi realizada com microscópios, e que não houve intercorrências. O ministro foi orientado a fazer repouso absoluto. “Após o broqueamento [raspagem] da parte óssea do canal, foi inserido um molde de silicone, que serviu como tampão”, disse o especialista. Na agenda do ministro, disponível no site do ministério, não constam compromissos oficiais nos próximos dias. Procurada, a assessoria do ministério ainda não informou quando Pontes voltará às atividades normais da pasta. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Teste de bafômetro confirmou que homem estava embriagado. Ajudante de padeiro pagou fiança de R$1,5 mil e vai responder o processo em liberdade. Um ajudante de padeiro de 54 anos bateu na traseira de um carro, fugiu e após ser perseguido acabou preso por suspeita de dirigir bêbado na noite desta terça-feira (18) no bairro Vila Virginia em Ribeirão Preto (SP). Segundo o boletim de ocorrência, o homem estava de carro na Rua Guatapará, quando colidiu na traseira de outro veículo e fugiu do local. Em seguida, o condutor do automóvel atingido perseguiu o ajudante de padeiro e com a ajuda de populares, acionou a Polícia Militar. Com a chegada da PM, uma equipe policial percebeu que o ajudante de padeiro exalava odor de álcool, além de fala pastosa e falta de coordenação motora. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que registrou 1,04 miligrama de álcool por litro de ar expelido. Após o resultado do exame, o homem foi conduzido até a Central de Flagrantes da Polícia Civil, que registrou o caso como embriaguez ao volante. Ele pagou fiança de R$ 1,5 mil e vai responder o processo em liberdade. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca

Segundo a companhia, montante é referente à falta de repasse de verbas do Vale Eletrônico VEM, usado pelo passageiro de coletivo e que também é transportado por trens. Falta de manutenção no Metrô do Recife preocupa passageiros Em crises financeira e operacional, o Metrô do Recife teria condições de melhorar o sistema, caso o governo do estado e os empresários de ônibus pagassem uma dívida de R$ 100 milhões, segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Esse montante é referente à falta de repasse de verbas do Vale Eletrônico Metropolitano VEM, usado pelo passageiro de coletivos que também é transportado por trens (veja vídeo acima). A informação sobre a existência da dívida foi feita, nesta quarta-feira (19), pelo assessor de comunicação da CBTU, Salvino Gomes. Marcado por quebras constantes e por reajustes consecutivos de tarifa, o metrô do Recife registrou na terça (18) uma colisão entre duas composições, com mais de 60 feridos, que paralisou o sistema por 14 horas. De acordo com Salvino Gomes, a CBTU necessita de dinheiro em caixa para que sejam feitas melhorias necessárias. Por causa disso, segundo ele, a passagem subiu de R$ 1,60 para R$ 3,70, desde maio de 2019, em um aumento escalonado autorizado pela justiça. Em 7 de março, a tarifa sobe novamente, para R$ 4. "A gente tem no momento uma dívida de aproximadamente R$ 100 milhões, e [com] esse dinheiro entrando no caixa da CBTU, a gente poderia pleitear melhorias. É a dívida do Grande Recife [Consórcio de Transporte], que não repassa para a CBTU. Existem ações contra o Grande Recife na Justiça, e essa dívida é realmente enorme, porque é a falta de repasse do dinheiro do [Vale Eletrônico Metropolitano] VEM, que o passageiro utiliza no Metrô do Recife", afirmou o gerente. Passageiros andam nos trilhos após metrô apresentar problema no Recife Reprodução/WhatsApp Entre as medidas necessárias, segundo Salvino Gomes, estão a compra de 20 novos trens, equipamentos para recuperação de via, rede aérea, dormentes e ar-condicionado. "Nós somos operadoras, passamos [os pedidos] para a presidência da companhia, que passa para o Ministério [do Desenvolvimento Regional]. É bom explicar para a população que esse aumento das passagens, que está escalonado, não é um aumento da CBTU, foi uma decisão judicial que aconteceu lá em Minas Gerais, e esse dinheiro infelizmente não vem para a nossa conta, vai para a conta única, da União", declarou. Linha Centro do Metrô do Recife reabre 14 horas após colisão que deixou mais de 60 feridos Sobre a colisão entre os trens, segundo Salvino, um laudo deve ser divulgado em 30 dias, falando sobre o que pode ter causado o acidente.Por causa da colisão, o sistema só voltou a operar às 19h de terça (veja vídeo acima). "Nossa comissão interna vai descobrir o que aconteceu, porque rodamos até o dia de ontem sem ter nenhum acidente no nosso sistema e que nunca mais vai acontecer. Por isso, posso garantir, já utilizei o trem, que a gente não corre risco nenhum no nosso sistema do Metrô do Recife, que foi um fato inusitado, que nunca aconteceu e será apurado até o último minuto com toda a clareza e todo o aparato técnico que a gente tem", afirmou Salvino. O G1 entrou em contato com o Grande Recife Consórcio de Transporte e com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) para questionar o pagamento da dívida, mas, até a última atualização desta reportagem, não obteve resposta. Metrô do Recife foi liberado depois de 14 horas de paralisação Oton Veiga/TV Globo O sistema Ao todo, 250 mil pessoas utilizam diariamente a linha, que atende à capital pernambucana e às cidades de Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe, na Região Metropolitana. O sistema de trens urbanos da capital conta com 37 estações e passa, ainda, pelo Cabo de Santo Agostinho, por meio dos trens a diesel. Dessas, 17 são exclusivas da Linha Centro e duas são compartilhadas com a Linha Sul. Mapa do Metrô do Recife Reprodução/CBTU

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre.

Segundo delegado, suspeito afirmou que revendia drogas para frequentadores de academias. Remédios para emagrecimento e para ganho de massa muscular foram apreendidos. Homem é preso por suspeita de fabricar anabolizantes dentro de casa em Ribeirão Preto Um homem foi detido na manhã desta quarta-feira (19) por suspeita de fabricar anabolizantes em casa no Jardim Paulistano em Ribeirão Preto (SP). No local também foram apreendidos insumos e objetos para produção de medicamentos fitoterápicos. Segundo o delegado Diógenes Santiago Netto, o imóvel na Rua Rafael Biagini estava sendo investigado há alguns meses. Nesta quarta-feira, os agentes da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) deflagraram uma operação no local. "Uma das localidades investigadas é esse laboratório, sem qualquer tipo de autorização da Vigilância Sanitária, da Anvisa, não existe um responsável técnico farmacêutico. Eram fabricados e distribuídos anabolizantes de forma ilegal", disse. Medicamentos usados para o tratamento da obesidade e outros para aumento de massa muscular foram apreendidos na casa. Santiago Netto afirmou que as drogas eram vendidas a frequentadores de academia, para serem revendidas. "Ele é físico e, ao ser indagado, disse que por ser formado em física, tem conhecimento na parte de química. Esse é o local onde ele estaria produzindo anabolizantes e daqui distribuía para algumas academias da cidade", explicou. Material usado pelo homem para produzir anabolizantes em Ribeirão Preto, SP Paulo Souza/EPTV Produtos apreendidos em operação da Polícia Civil em Ribeirão Preto Paulo Souza/EPTV Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos viram o anúncio de venda na internet, marcaram um encontro com o dono e depois fugiram com o automóvel. Dois homens morrem em confronto com a PM em Aparecida de Goiânia Dois homens morreram em um tiroteio com a Polícia Militar (PM) em Aparecida de Goiânia, na terça-feira (18). Um terceiro suspeito que estava no carro conseguiu fugir após o suposto confronto com os militares. O caso começou com um anúncio de venda de um carro na internet. Os suspeitos marcaram um encontro com o dono e depois teriam fugido com o automóvel. O proprietário ligou para a polícia, que saiu em busca do veículo, segundo a PM. O carro foi avistado no Setor Pontal Sul. A PM disse que os suspeitos desobedeceram a ordem de parar e tentaram fugir por uma área de mata. De acordo com a PM, a atuação dos policiais encontou resistência e houve troca de tiros. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. Suspeitos teriam roubado que foi anunciado para venda na internet e depois fugiram, em Aparecida de Goiânia Reprodução/TV Anhanguera

Ela foi enterrada no Cemitério Parque Memorial. Marido segue internado na UTI em estado grave. Corpo de mulher que estava na casa onde botijão explodiu é enterrado em Goiânia A mulher que teve o corpo queimado após a explosão do gás de um botijão morreu na terça-feira (18), em Goiânia. O marido dela continua internado no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Leila Imaculada Gonçalves, de 56 anos, estava internada desde domingo (16), quando ela e o marido estavam fazendo o almoço e, ao trocar os botijões de gás, aconteceu a explosão. A suspeita dos bombeiros é que houve vazamento de gás ao transportar o botijão de um cômodo para o outro. Ela foi enterrada na manhã desta quarta-feira (19) no Cemitério Parque Memorial. Um dos filhos da vítima não quis gravar entrevista, mas disse que toda família está abalada com o caso. Ele contou que ainda aguarda a investigação sobre o acidente. Geraldo Gilberto, de 59 anos, segue internado na UTI do Hugol, com o estado geral grave e respirando com a ajuda de aparelhos. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. Mulher teve corpo queimado após explosão de gás Corpo de Bombeiros/Divulgação

Desfiles vão acontecer no sábado (22) e no domingo (23). Folia momesca em Salvador ocorre entre os dias 20 e 25 de fevereiro. Luiz Caldas em Salvador, Bahia Maiana Belo/G1 BA O cantor e compositor Luiz Caldas, que celebra 50 anos de carnaval, comanda dois dias de pipoca no Circuito Dodô (Barra-Ondina), na folia de Salvador. As apresentações ocorrem no sábado (22), às 21h15, e no domingo (23), às 20h45. Na segunda-feira (23), o artista se apresenta no camarote Harém. Saiba tudo sobre o carnaval de Salvador Carnaval de Salvador: veja datas, circuitos, tema e tire dúvidas Depois de comandar três edições da Festa Magia, o cantor Luiz Caldas se prepara para subir no trio elétrico sem cordas, com um repertório dedicado ao folião. A seleção de canções está sendo feita para agitar as ruas, com grandes clássicos do artista e de outros grandes compositores carnavalescos, além de músicas novas que ele vem compondo nos últimos anos e que integram o seu projeto de lançamento mensal de álbuns, que soma mais de 1000 canções de 2013 até 2020. Confira agenda de Luiz Caldas no carnaval 2020 em Salvador Pipoca Sábado (22): Trio sem cordas Onde: Circuito Barra-Ondina – Dodô Horário: 21h15 Pipoca Domingo (23): Trio sem cordas Onde: Circuito Barra Ondina – Dodô Horário: 20h45 Camarote Segunda-feira (24): Camarote Planeta Band/ Harém Horário: 23h Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. Em 2020, restituições serão pagas em cinco lotes, a partir do mês de maio. A Secretaria da Receita Federal informou nesta quarta-feira (19) que espera receber cerca de 32 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) em 2020, relativas ao ano-base 2019, dentro do prazo legal, que começa em 2 de março e vai até 30 de abril. No ano passado, a Receita recebeu 30,6 milhões de declarações. Com isso, o Fisco espera que cerca de 1,4 milhão contribuintes a mais prestem contas ao leão neste ano. Segundo analistas, o fato de o governo não corrigir a tabela do Imposto de Renda desde 2015 contribui para que aumente o número de contribuintes obrigados a apresentar a declaração. A defasagem da tabela do IR, segundo o Sindifisco Nacional, está em 103%. Como de costume, os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda, se tiverem direito a ela. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. Uma das novidades é que, em 2020, é as restituições serão pagas em cinco lotes, e não mais em sete, e o primeiro lote do IR será liberado em maio. Os outro quatro lotes de restituição serão pagos em junho, julho, agosto e, o último, em setembro. Quem deve declarar? Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado. Também deve declarar: Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; Quem obteve, em qualquer mês de 2019, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; Quem teve, em 2019, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; Quem tinha, até 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2019; Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda. Quem optar pelo declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com educação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.
Agremiações vão percorrer as ruas do corredor da folia na quinta-feira (20). Os Blocos Foliação e o Bloco Juventude Acumulada vão percorrer na quinta-feira (20), as ruas do corredor da folia, em Bezerros, no Agreste de Pernambuco. A concentração será a partir das 14h na Praça São Sebastião. O Bloco Juventude Acumulada terá a presença dos integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Pessoa Idosa, e a presença de grupos de idosos de vinte cidades pernambucanas. Já o Bloco Foliação vai contar com a participação dos servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH). Vão animar o desfile os grupos de dança bezerrenses FolcPopular e do Papanguarte Balé Popular. Ao final do percurso, haverá show no Palco Cultural com a Orquestra Black Tie.
Heleno diz que Congresso faz chantagem; Maia afirma que ministro virou radical ideológico Nos bastidores, a irritação de Davi Alcolumbre (DEM-AP) com as declarações do ministro Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) extrapolou as manifestações oficiais emitidas pelo presidente do Senado. Em uma transmissão ao vivo pela internet, por meio do perfil do presidente Jair Bolsonaro em uma rede social, Heleno conversava com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. No diálogo, Heleno diz que o governo não pode “aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo”, em referência a parlamentares. Desde o final da manhã, quando surgiram as primeiras informações sobre a fala de Heleno, a tensão no Congresso aumentou fortemente. Na nota que emitiu mais cedo, o presidente do Senado, Alcolumbre disse que o momento "mais do que nunca, é de defesa da democracia, independência e harmonia dos poderes para trabalhar pelo país". Mas, além da divulgação da nota, Alcolumbre ligou para ministros e líderes do governo e disse que não iria tolerar ataques ao Congresso. Também pediu uma ligação para o presidente Jair Bolsonaro para saber o que estava acontecendo. O presidente do Senado chegou a lembrar para vários integrantes do governo que estava em busca de um acordo para votar os vetos presidenciais, o orçamento impositivo e a agenda de reformas. Mas que, dessa forma, com esse tipo de ataque, qualquer negociação ficava mais difícil.

De acordo com a PM, eles foram perseguidos por várias ruas de dois bairros da cidade. Policiais apreenderam tabletes de maconha, R$ 500 e moto. Materiais apreendidos pela PM Polícia Militar / Divulgação Dois rapazes de 22 e 23 anos foram presos por tráfico de drogas em Várzea da Palma (MG). A abordagem ocorreu após uma intensa perseguição, segundo a Polícia Militar. “Já chegando na cidade, ainda na rodovia, tentamos fazer a abordagem, mas eles não respeitaram a ordem de parada. Os indivíduos foram perseguidos por várias ruas de dois bairros. Durante a fuga, ofereceram riscos para pedestres e veículos, subiram em calçadas e andaram pela contramão”, explica o sargento Fellipe Alexandre Guimarães Mendes. O militar destaca que os jovens foram perseguidos por aproximadamente quatro quilômetros. Os policiais fizeram um cerco e conseguiram prendê-los. No percurso, os rapazes arremessaram uma sacola contendo três tabletes de maconha em um matagal. A informação, de acordo com uma denúncia recebida pela PM, era de que a droga foi adquirida em Pirapora. A PM informou que os dois envolvidos têm passagens por roubo e tráfico de drogas, um deles tem também por homicídio. Além da maconha, os militares apreenderam R$ 500, um celular a moto que eles usavam. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil em Pirapora. Parte da equipe que participou da ocorrência Polícia Militar / Divulgação Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.